A HUMILDADE CRISTÃ

 POR JEFFERSON MIRANDA

A HUMILDADE CRISTÃ

  1. A humildade de Jesus mesmo sendo Deus
  2. Devemos ser como Cristo?
  3. Como seria a humildade na prática em nossos dias?
  4. Conclusão

1. A humildade de Jesus mesmo sendo Deus 

Todos nós imaginamos Deus como sendo um Ser forte, Soberano e Poderoso, pois é exatamente assim que a Bíblia O descreve e é assim que Ele é (Sl 89:13). Mas o projeto redentivo do Senhor exigiu que Deus se fizesse homem e habitasse entre nós, pois Ele seria o Único capaz de tirar o pecado do mundo por meio de Seu perfeito sacrifício (Hb 10:4). Então, o anjo Gabriel contou para Maria que ela iria ganhar um filho e ele se chamaria Jesus. Portanto, o Messias já estava pronto para iniciar o plano de redenção do Pai. (Lc 1:26-35) Tendo conhecimento desses fatos, vamos então avaliar o texto de Filipenses, capítulo 2, versos 5, 6 e 7:

"Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens." (Filipenses 2:5-7)

Paulo, por intermédio do texto acima, nos afirma que Jesus, mesmo sendo Deus, deixou de usufruir de seus atributos divinos e se tornou parecido com os homems. Esse texto nos mostra que a humildade de Jesus Cristo o fez esquivar-se de seus poderes divinos para ser menosprezado entre os homens. Os evangelhos também evidenciam a humildade de Cristo, vamos a alguns textos:

João, capítulo 13, verso 3:
"Depois disso, derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos, enxugando-os com a toalha que estava em sua cintura."
 
O texto acima nos mostra o quão Jesus foi humilde perante os seus discípulos durante a última ceia antes de ser entregue a Pilatos. De acordo com David J. Ellis, lavar os pés de alguém era um serviço realizado por escravos naquela época, portanto, Jesus se esvaziou tanto de si mesmo que chegou a assumir a posição de um escravo.

Lucas, capítulo 19, verso 35:
"Quando estavam desamarrando o jumentinho, os seus donos lhes perguntaram: 'Por que vocês estão desamarrando o jumentinho?'"

Como cumprimento profético de Zacarias 9:9, esse texto nos mostra a simplicidade de Cristo quando estava próximo de sua morte. De acordo com as palavras de Laurence E. Porter, ao invés de usar um cavalo, como um conquistador militar, ele veio montado em um jumentinho.

2. Devemos ser como Cristo?

Ao evidenciarmos a humildade de Jesus Cristo por meio de algumas passagens bíblicas, vamos para uma próxima questão: Devemos ser como Cristo?

Vamos analisar o texto de Gênesis, capítulo 3, verso 6:
"Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também."

Tanto Adão quanto Eva desobedeceram a Deus e fizeram-se deuses de si mesmo. O ato de comer o fruto do bem e do mal foi o primeiro gesto de orgulho do homem, pois ele queria ser igual a Deus. Portanto, com o surgimento do pecado no mundo, o homem se afastou de Deus e começou a viver conforme o seu próprio entendimento.

Já o texto de Levítico, capítulo 11, verso 45, diz:
"Eu sou o Senhor que os tirou da terra do Egito para ser o seu Deus; por isso, sejam santos, porque eu sou santo."

Por conta da Queda do homem, no Éden, Deus buscou constantemente reaproximação com o homem. O texto acima relata que Deus quer que sejamos santos como Ele, por isso ele deu a Lei para que o povo entenda a vontade dele e ande em santidade. Tal santidade também inclui a humildade, pois a humildade é o oposto da soberba, do orgulho e da vaidade.

Finalmente, para responder essa questão, vamos ao texto de 1 Coríntios, capítulo 11, verso primeiro:
"Tornem-se meus imitadores, como eu o sou de Cristo."

Paulo, o apóstolo, afirma, por meio do texto acima, que devemos ser imitadores de Jesus Cristo. Na carta aos Filipenses, Paulo também afirma que Cristo deve ser o nosso exemplo a ser seguido:

"Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus," (Filipenses 2:5)
 
3. Como seria a humildade na prática em nossos dias?
 
Como mostrado acima, a humildade é uma das características do servo de Deus. Mas como nós devemos exercer essa humildade?
Filipenses, capítulo 2, verso 3, relata:
"Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos."
 
Nesse verso, Paulo ensina que a vaidade separa os irmãos em uma igreja. Assim como a vaidade afastou o homem de Deus na Queda, relatada em Gênesis, capítulo 3, a vaidade também é capaz de separar as pessoas de uma mesma igreja, um mesmo corpo. Não podemos, de maneira alguma, permitir que esse tipo de sentimento nos domine! Devemos sempre respeitar os outros irmãos, obreiros, diáconos e pastores, jamais permitamos que a sensação de superioridade predomine o nosso espírito, pois o Corpo de Cristo deve estar em plena comunhão e harmonia.

"Melhor é ter espírito humilde entre os oprimidos do que partilhar despojos com os orgulhosos." (Provérbios 16:19)
 
4. Conclusão
 
Chegamos ao fim desse estudo sobre a humildade cristã, a Palavra de Deus nos mostra claramente a importância de sermos iguais a Cristo em todos os aspectos, incluíndo humildade. Este estudo não pode ser levado apenas na teoria, também deve ser levado para a prática em nossos dias. As igrejas e denominações em geral andam bastante divididas atualmente, precisamos urgentemente abandonar as nossas vaidades e nos voltarmos para as Sagradas Escrituras, pois apenas o Espírito Santo é perfeitamente capaz de preencher os nossos corações com humildade.
 
"aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou." (1 João 2:6)
 
"Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos." (1 Pedro 2:21)
 
"Enquanto você for orgulhoso, não poderá conhecer a Deus. Uma pessoa orgulhosa sempre está desdenhando coisas e pessoas, e, é claro, se você fica olhando de cima para baixo, não poderá olhar para nada que esteja acima de você" - C.S. Lewis
 
Bibliografia
F.F. Bruce, Comentário Bíblico NVI. Vida Acadêmica, 2012
Cristianismo puro e simples, C.S. Lewis, Thomas Nelson Brasil, 2017


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Temas

Topo