AS TRÊS FASES DA SANTIFICAÇÃO

POR NILDO OLIVEIRA 
AS TRÊS FASES DA SANTIFICAÇÃO

Primeiramente precisamos entender o que é ser santo? A palavra ‘santo’’ não significa algo inalcançável, mas simplesmente “aquele que é separado do mal”. Dessa forma, a pessoa que está no caminho da santidade luta para não cometer pecado, foge da aparência do mal, vigia, ora e lê a Bíblia.

Como uma forma didática no meio teológico a SANTIFICAÇÃO é dividida em três fases diferentes. Você sabia disso? São eles: a santificação inicial, a progressiva e a final.

1. SANTIFICAÇÃO INICIAL:

A santificação inicial ou conhecida também de posicional, acontece no início da caminhada quando aceitamos a Cristo como Senhor e Salvador (1 Co 6.11).

E nesse instante, quando deixamos de ser escravos do pecado e somos remidos pelo sangue de Jesus, que experimentamos a santificação inicial.

Assim, aceitamos o que Cristo fez por nós na cruz e passamos a usufruir dos benefícios desse sacrifício, passamos a sentir o perdão de Deus. Podemos dizer que a Santificação inicial não é ainda um processo mas uma posição privilegiada a qual o pecador é colocado, pois, para ele, “tudo se fez novo" (2 Co 5.17).

2. SANTIFICAÇÃO PROGRESSIVA:

A santificação progressiva é atuada por Deus em nossa vida mas, diferentemente da Posicional, em que nada podemos acrescentar, ela depende de nossa cooperação.

Podemos dizer que é progressiva pois é uma experiência diária do cristão, que se submete a Deus e se afasta do pecado todos os dias, seguindo o caminho do aperfei­çoamento em Cristo. É o que buscamos como cristãos, nos esforçamos para mudar de vida, fazer escolhas melhores, obedecer mais a Deus e seguir o que está na sua Palavra.

É sobre essa experiência de santificação que Paulo escreve aos tessalonicenses: "Que Deus, que nos dá a paz, faça com que vocês sejam completamente dedicados a ele. E que ele conserve o espírito, a alma e o corpo de vocês livres de toda mancha, para o dia em que vier o nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Ts 5.23).

É necessário as práticas das disciplinas espirituais: separar um tempo para leitura Bíblica, separar um tempo para o "lugar secreto" e etc... Crescer com Deus demanda esforço e demanda decisão. Essa é a parte da santificação que depende um pouco de nós.

3. SANTIFICAÇÃO FINAL:

Essa última fase é perfeição que o crente vai desfrutar na ressurreição (1 Tes. 5:23). É chamada também de glorificação.

Na vinda de Cristo, cada crente receberá um corpo novo que estará sem pecado. O Cristão não terá mais de resistir ao pecado ou de crescer para a perfeição como nas fases anteriores. Sua santificação estará completa. Ele estará eternamente separado do pecado e para Deus. Neste momento, o Cristão ESTARÁ totalmente santificado. Louvado seja Deus!

4. CONCLUSÃO: 

A santidade é primordial na caminhada do cristão. Sem ela é impossível nos aproximarmos do Senhor (Hb 12.14). O caminho não será fácil, pois vivemos num mundo corrompido e cheio de injustiças, mas é possível. Jesus provou isso vivendo uma vida de pureza e sem pecados. É nossa responsabilidade seguir seus passos: "Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos, o qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca" (1 Pe 2.21-22).

Então, siga em frente nessa jornada, sempre clamando ao Salvador.



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

(ANDRADE, C. Dicionário da Profecia Bíblica. Rio de Janeiro: CPAD, 2005, p. 223);
(SANTIDADE - J. C. Ryle - Editora Fiel - Pág 49,50)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Temas

Topo