O JEJUM BÍBLICO

POR NILDO OLIVEIRA
O JEJUM BÍBLICO

1. O que é jejum bíblico?

O jejum bíblico está sempre ligado a uma atenção maior à oração e à comunhão com Deus. O jejum divorciado da oração não é um jejum bíblico.

A definição de jejum está ligada a abstinência total ou parcial de alimentos por um período definido e um propósito específico.  

O jejum pode ser uma prática vazia se não for feito de maneira correta. Isto aconteceu nos dias do Velho Testamento, quando o povo começou a indagar (Is. 58.3a). E a resposta de Deus foi exatamente a de que estavam jejuando de maneira errada (Is. 58.3b,4). Por outro lado, o versículo está dizendo que se observado de forma correta, Deus atentaria para isto e a voz deles seria ouvida.

2. O propósito do jejum

O propósito principal  do jejum é mortificar a carne, o que nos fará mais suscetíveis ao Espírito Santo. É importante lembrar que o ato de você jejuar não muda em nada a Deus. Ele é o mesmo antes, durante e depois de seu jejum. Mas, jejuar mudará você. 

O jejum não tornará Deus mais bondoso ou misericordioso para conosco. O Jejum está ligado diretamente a nós, à nossa necessidade de romper com as barreiras e limitações da carne. O jejum deixará nosso espírito atento pois mortificar a carne e aflige nossa alma.

Alguns acham que o jejum é uma “varinha de condão” que resolve as coisas por si mesmo, mas não é isso que a palavra nos ensina. Quando jejuamos, não devemos crer NO JEJUM, e sim em Deus.

3. A importância do jejum

Jejuar é importante por causa das lutas espirituais (Mat. 17:21). Quando jejuamos, não estamos forçando Deus a fazer algo, mas estamos resistindo a forças e tentações e ataques que nos impedem de estarmos vivendo o poder do Evangelho de Cristo.

Jejuamos para nos quebrantados diante do Senhor e, ao mesmo tempo, nos fortalecermos Nele.

O jejum é uma arma contra a carne. Quando você jejua, você então faz uma escolha interior e demonstra externamente que você almeja o poder de Deus em seu viver diário. (Sl 109: 24-28); (2 Co 12: 9,10).

4. Modelos bíblicos do jejum

Há diferentes formas de jejuar na bíblia, vejamos três delas:

1. Jejum total -  É abstinência total de alimentos, inclusive de água. Veja alguns exemplos:

Ester - Três dias de jejum total (Et. 4:16)
Paulo - Três dias de Jejum total (At. 9:9)
Moisés - 40 dias de Jejum total (Ex. 34:28)

Obs: Também temos o exemplo de Jesus, a palavra diz que ele passou 40 dias no deserto em jejum e foi tentando pelo diabo. Porém, não podemos afirmar se Jesus bebeu ou não água. A palavra só diz que nada comeu, e fala que ele teve fome (Mt 4.2). Nada menciona sobre água. Vejo o caso de Moisés como um verdadeiro milagre um corpo humano aguentar ficar 40 dias e 40 noites sem beber e sem comer. 

Atenção: É importante lembrar que o nosso corpo depende da água para que os rins funcionem normalmente e que as toxinas não se acumulem no organismo. Por isso é muito perigoso para a saúde ficar muito tempo sem água, podendo causar a morte. Seja prudente, ficar doente ou morrer por causa do jejum não glorifica a Deus.

2. Jejum com água - É a abstinência total de alimentos mas com ingestão de água. Esse forma de jejuar é a mais comum e mais aconselhada. 

Provavelmente foi esse Jejum que Jesus praticou no deserto por 40 dias, mas como disse acima, não podemos afirmar.

3. Jejum parcial - O jejum parcial é quando você elimina apenas alguns alimentos.

No jejum parcial, você escolhe que tipo de alimento você não vai comer durante algum tempo. Se você tem algum problema de saúde, o jejum parcial é muito mais seguro que o jejum total ou o jejum com água. Lemos sobre esta forma de jejum no livro de Daniel:

“Naqueles dias, eu, Daniel, pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram em minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que se passaram as três semanas.” (Dn 10.2,3).

5. O tempo do jejum

A Bíblia não determina regras quanto ao tempo que se deve jejuar, portanto cada um é livre para escolher quando, como e quanto jejuar. Vemos vários exemplos de jejuns de duração diferente nas Escrituras:

01  dia  - dia da Expiação (Lv 23:27)
03 dias - o jejum de Ester (Et 4:16)
07 dias luto pelo morte de Saul (I Sm 31.13)
14 dias - Involuntário de Paulo (At 27:33)
21 dias - O jejum de Daniel (Dn 10:3)
40 dias - Feito por Jesus (Lc 4:2)

6. Orientações Práticas para o Jejum

1. Se você não está acostumado a jejuar, comece com um jejum pequeno. Vai aumentando o tempo aos poucos e de acordo com a direção de Deus. 

2. Não coma muito antes de começar o jejum.

3. Não quebre o jejum com comida muito pesada ou gordurosa. Comece com refeições mais leves e fáceis de digerir. Quanto mais tempo jejuou, mais cuidadoso precisa ser, na forma como terminar o seu jejum. Nesse momento, precisará exercitar cuidadoso domínio próprio. Comer comidas muito pesadas depois do jejum, pode causar sérios desconfortos físicos.

4. Se você tem problemas de saúde, procure uma opinião médica antes de decidir se vai jejuar.

5. A medicina adverte contra um período de mais de três dias sem água, como sendo nocivo. Devemos cuidar do corpo ao jejuar e não agredi-lo; lembre-se de que estará lutando contra sua carne (natureza e impulsos) e não contra o seu corpo.

6. “Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos. Cumpre o voto que fazes. Melhor é que não votes do que votes e não cumpras”. (Ec 5.4,5).



Referências de Pesquisa


JONAS BORGES; Jejum e oração - Armas infalíveis - CPAD; 1987. Pág 11, 27,55

DEREK PRINCEMoldando a História com Oração e Jejum; Derek Prince Portugal - DPP; 2018; pág 80





3 comentários:

  1. A paz do SENHOR JESUS
    GLÓRIAS a DEUS por está palavra revelada pois alimentou a minha alma e me trouxe mais ensinamento da forma que devemos servi a DEUS nosso SENHOR JESUS CRISTO ÚNICO SALVADOR da minha vida o ESPIRITO SANTO DE DEUS. DEUS seja louvado por este ensino e está guardado em meu coração.
    O VEM LOGO JESUS������

    ResponderExcluir
  2. Moises jejuou 40 dias e não comeu pão e não bebeu agua , então esse ensinamento está fora da bíblia e a palavra de Deus não diz que Jesus bebeu agua no jejum de 49 dias , ao podemos ensinar achismo que nos achamos devemos ficar para nós ,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor Jesus, querido irmão;

      Primeiramente gostaria de agradecer seu comentário. Pois é de grande importância para o nosso aperfeiçoamento nesse trabalho.


      Sobre o estudo acima fiz algumas alterações no texto para uma melhor compreensão.

      Sobre a questão levantada sobre o jejum de Jesus realmente o texto não afirma se ele fez o jejum com água ou não.

      Provavelmente ele tenha feito o jejum somente de comida, pois o texto diz que ele ficou sem comer, e no final diz que ele teve fome. O texto não faz nenhuma referência a sede ou que no final ele bebeu.

      Porém, deixo claro que isso é apenas uma especulação pois a bíblia não diz se Jesus bebeu ou não água, portanto não podemos afirmar nem uma nem outra opção.

      Que Deus lhe abençoe e espero que o ajuste que fiz no texto ajude a compreender melhor o ensino.

      Excluir

Temas

Topo