DONS ESPIRITUAIS

POR ÁLVARO OSTROSKI


ESBOÇO DO ESTUDO

I - O que são os dons espirituais?
II - Para que existem os dons espirituais?
III - Quais são os dons espirituais?
IV - Quem distribui os dons espirituais?
V - Um crente com dons espirituais é mais espiritual que um crente sem?
VI - Como saber se um dom é de deus ou não?


I - O QUE SÃO OS DONS ESPIRITUAIS?


São manifestações do Espírito Santo no meio da Igreja de Cristo - “Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil” 1 Coríntios 12:7


II - PARA QUE EXISTEM OS DONS ESPIRITUAIS?


Para a edificação da Igreja, isto é, para o crescimento espiritual dos crentes quanto comunidade da fé e para edificação pessoal diante de Deus. Vejamos:


Quanto igreja:

“Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil” 1 Coríntios 12:7

“Assim acontece com vocês. Visto que estão ansiosos por terem dons espirituais, procurem crescer naqueles que trazem a edificação para a igreja” 1 Coríntios 14:12 (versão NVI)

“Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação.” 1 Coríntios 14:3

“...quando vos ajuntais [igreja]... cada um de vós ... tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação” 1 Coríntios 14:26


Quanto individuo:

“Quem fala em língua a si mesmo se edifica, mas quem profetiza edifica a igreja” 1 Coríntios 14:4


III - QUAIS SÃO OS DONS ESPIRITUAIS?


Encontramos a lista dos dons espirituais em 1 Coríntios 12:1-11

1. Palavra de Sabedoria: não se trata de uma sabedoria adquirida pelo conhecimento humano, esta é uma sabedoria espiritual dada pelo Espírito Santo para determinada situação. Por exemplo, a Palavra de Sabedoria dada por Tiago no concilio de Jerusalém sobre como deveria ser o comportamento dos gentios recém convertidos ao cristianismo (Atos 15:13-21)

2. Ciência: capacidade que Deus nos dá de conhecer o que não sabemos, revelando conhecimento a respeito de pessoas ou circunstancias. Manifesta-se através de sonhos, visões e revelações. Por exemplo, a revelação que Pedro teve acerca da fraude cometida por Ananias e Safira (Atos 5:1-12)

3. Fé: não é a fé salvadora de crer em Jesus, mas a fé de exercitar os Dons Espirituais;

4. Dons de Curar: é a operação de Deus ao curar uma pessoa de enfermidade. Por exemplo, a cura do coxo na porta Formosa (Atos 3:1-8)

5. Dons de Maravilhas: é um milagre inexplicável, como por exemplo, a abertura do Mar Vermelho (Êxodo 14:15-31) ou a ressurreição de Dorcas (Atos 9:36-41)

6. Dom de Profecia: capacidade momentânea de transmitir uma mensagem, advertência, exortação ou revelação da parte de Deus por meio de uma ação do Espírito Santo. Por exemplo, o prenúncio por parte do profeta Ágabo da prisão de Paulo (Atos 21:10,11)

7. Discernimento de Espírito: capacidade de discernir se algo vem do espírito humano, do espírito maligno ou do espírito de Deus. Por exemplo, o caso da jovem com espírito de adivinhação (Atos 16:16-18)

8. Variedade de Línguas: fenômeno sobrenatural onde uma pessoa pode falar um idioma que nunca aprendeu ou pode pronunciar frases que parecem ser desconexas, mas que a Bíblia chama de língua dos anjos. Por exemplo, o que ocorreu com os crentes de Éfeso (Atos 19:1-6)

9. Interpretação de Línguas: não se trata de uma tradução da língua falada, mas sim de uma revelação do que está sendo falado naquele momento.


IV - QUEM DISTRIBUI OS DONS ESPIRITUAIS?

O Espírito Santo – “Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer” 1 Coríntios 12:11

Conselho:

Por isso não fique triste se você não tiver o dom de Profecia, ou de línguas estranhas, ou  de ciência, ou qualquer outro, mas você deve buscar os dons espirituais, deve ser motivo de suas orações – “Sigam o caminho do amor e busquem com dedicação os dons espirituais, principalmente o dom de profecia” 1 Coríntios 14:1 (versão NVI)

Uma coisa importante de ser destacada aqui é que não se deve exigir que o crente tenha determinado dom espiritual, pois como visto quem dá o dom é o Espírito Santo como quer.


V - UM CRENTE COM DONS ESPIRITUAIS É MAIS ESPIRITUAL QUE UM CRENTE SEM?

De forma alguma!

1. Uma pessoa pode ter dons espirituais e não ser um crente verdadeiro 

“Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitas maravilhas? E, então, lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade” Mateus 7:22,23 


2. O crente é conhecido pelos frutos que demonstram seu caráter de santificação 

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança” Gálatas 5:22

“Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus” Mateus 7:20,21


3. A distribuição dos dons espirituais é ato da Soberania do Espírito Santo 

“Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer” 1 Coríntios 12:11


4. Muitas vezes se valoriza os dons “visíveis” como línguas estranhas, ciência, profecia, mas se esquece da sabedoria, discernimento de espíritos e fé que são tão ou mais importantes que os outros.


VI - COMO SABER SE UM DOM É DE DEUS OU NÃO?

Examinando o dom!

1. A Bíblia nos exorta a colocarmos a prova toda manifestação espiritual  

“Não tratem com desprezo as profecias, mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom” 1 Tessalonicenses 5:20,21 (versão NVI)

“Tratando-se de profetas, falem dois ou três, e os outros julguem cuidadosamente o que foi dito” 1 Coríntios 14:29 (versão NVI)


2. O crente nascido do Espírito Santo aos poucos vai sendo capacitado para discernir as coisas espirituais

“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo” 1 Coríntios 2:14-16


3. O dom não pode ser contrário ao ensino claro da Bíblia, pois o mesmo Espírito que inspirou a Palavra de Deus não vai falar contra ela, isso seria insensato.

Observação: Alguns grupos utilizam outras formas de consulta dos dons para saber se é de Deus ou não, nós não estamos aqui para discutir as experiências pessoais, e acreditamos num Deus pessoal que concede experiências, lembramos, entretanto que experiências não geram doutrina, e sim a Bíblia, e desta forma apresentamos o modelo bíblico para saber se o dom é de Deus ou não.

Precisamos entender ainda que:

a) Existem manifestações espirituais que não são de Deus e sim do maligno 

“porque surgirão falsos cristos e falsos profetas e farão tão grandes sinais e prodígios, que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” Mateus 24:24

“E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo. E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E, na mesma hora, saiu” Atos 16:16-18


b) Existem manifestações que são fraudulentas e enganam o povo

“E estava ali um certo homem chamado Simão, que anteriormente exercera naquela cidade a arte mágica e tinha iludido a gente de Samaria, dizendo que era uma grande personagem; ao qual todos atendiam, desde o mais pequeno até ao maior, dizendo: Este é a grande virtude de Deus. E atendiam-no a ele, porque já desde muito tempo os havia iludido com artes mágicas” Atos 8:9-11

c) Existem manifestações que são simplesmente do imaginário humano

“Porque da muita ocupação vêm os sonhos, e a voz do tolo, da multidão das palavras” Eclesiastes 5:3
Cabe fazer uma ressalva que existem sonhos que vem da parte de Deus como parte integrante do dom de ciência – “e ele disse: Ouçam as minhas palavras: Quando entre vocês há um profeta do Senhor, a ele me revelo em visões, em sonhos falo com ele” Números 12:6


VII – CONCLUSÃO

Finalizamos com uma palavra de incentivo, não nossa, mas vinda do punho do Apóstolo Paulo por inspiração do Espírito Santo.

“Segui o amor e procurai com zelo os dons espirituais” 1 Coríntios 14:1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo