AS CARACTERÍSTICAS DA IGREJA DE CRISTO

POR NILDO OLIVEIRA
AS CARACTERÍSTICAS DA IGREJA DE CRISTO

"EIS que és formosa, meu amor, eis que és formosa; os teus olhos são como os das pombas entre as tuas tranças; o teu cabelo é como o rebanho de cabras que pastam no monte de Gileade." Cantares 4:1

RESUMO DO LIVRO 

De acordo com o primeiro versículo (Cânticos 1:1), foi Salomão quem escreveu o livro de Cântico dos Cânticos (também chamado de Cantares de Salomão). Este cântico é um dos 1.005 que Salomão escreveu (1 Reis 4:32), sendo que o título (Cânticos dos Cânticos) serve para indicar que este é o maior Cântico de todos. Salomão provavelmente escreveu esse cântico durante a primeira parte de seu reinado, por volta de 965 a.C.

Cântico dos Cânticos é uma poesia que narra a história de amor de Salomão por sua esposa Sulamita.

Ao analisarmos Cantares de Salomão, convém termos em mente algo universalmente aceito pelos estudiosos da Palavra de Deus, aquilo que se conhece como tipologia. Tipos que são apresentados para mostrar semelhanças existentes e levarmos assim um entendimento e compreensão da Palavra de Deus.

O amor do noivo pela noiva é puro e fiel, a noiva afirma com total certeza que pertence ao seu noivo, porque ela o conhece e desperta o seu grande amor.

IGREJA FIEL É O CORPO DE CRISTO

Faremos nas próximas linhas um paralelo profético desse livro, em específico o verso acima (4:1) das características da amada de Salomão com as características da Igreja amada e fiel de Jesus.

Essa expressão igreja fiel não está ligada á características de uma denominação religiosa (placa),  e sim do corpo de Cristo que não é formado pela soma das Igrejas, mas pelos membros. A Palavra diz que o Senhor conhece os que são dele. Uma pessoa pode estar na Igreja e não fazer parte do Corpo de Cristo. Pois o que leva uma pessoa a fazer parte da Igreja é o novo nascimento, a conversão. Quando ela aceita Jesus, como Senhor e Salvador, passa a fazer parte do Corpo de Cristo. (Romanos 12:5) 

Cada pessoa que recebe Jesus como Senhor e Salvador está ligado, passa a fazer parte do Corpo do Senhor.

Como corpo de Cristo, devemos obedecer a Jesus e vivermos segundo o seu querer refletindo sua glória ao mundo no nosso testemunho de vida, sendo um corpo vivo cheio do Espírito Santo. Vejamos algumas características da igreja corpo de Cristo:


"EIS que és formosa, meu amor..."

A igreja de Cristo é representada na palavra de diversas formas, A igreja é descrita como noiva (Ap.19:7), vinha (João 15:1-11), rebanho (João 10:1-5), família (Efésios 5:25), herança, menina dos olhos de Deus. Hoje, queremos olhar para este texto como uma descrição da beleza da igreja.

A igreja é bela. Nela está a glória de Deus.

Embora olhemos para a igreja hoje e enxerguemos mácula, fraqueza, timidez, mas esse texto nos revela o que a igreja é, o que ela tem sido e o que ela deve continuar a ser em seu relacionamento com o Senhor.

O Senhor a vê sem maldade, porque suas maldades Ele tomou sobre si, suas transgressões também conforme profetizou o Profeta Isaías 53:6 "Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos".

Que maravilha é ser lavado no sangue de Jesus e assim Ele lavou no seu sangue, sua noiva, sua igreja. Agora ele a contempla: és formosa.


"...o teus olhos são como os das pombas..."

As primeira menção em Cantares de Salomão da expressão “olhos de pomba” está em Cantares 1:15. O tema pomba prevalece ao longo do livro:

“Eis que és formosa, ó amiga minha, eis  que és formosa; os teus olhos são como os das pombas.”

As pombas tem visão binocular. Isto significa que elas podem focar em apenas uma coisa por vez. Geralmente, é seu par. Por causa disso, elas são chamadas de “pássaros do amor.” Se alguma vez você ver um casal de pombas, o que uma faz, a outra também o faz. O Amado fala dos olhos da sua amada como olhos de pomba parece fazer alusão ao fato de que ela tem olhos apenas para Ele. Ela se move quando ele se move. Ela faz o que ela vê ele fazendo. Ela não se desvia nem se distrai. Ele é o único que ela enxerga. Ela não duvida nem se desvia do seu propósito – seguir seu Amado aonde quer que ele a leve. “De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo…” (Efésios 5.24)

A verdadeira noiva de Cristo é nascida de novo e habitada pelo Espirito Santo. E na palavra o Espírito Santo é representado muitas vezes por uma pomba. Com os olhos como sendo as “janelas da alma”, a igreja do Senhor transparece nos olhos o que está dentro dela. Quando o Amado olha nos olhos daquela que ele ama, Ele vê Seu espirito o olhando de volta. Ela “lhe tirou o coração com apenas um olhar” (Cantares 4:9). A beleza do Espirito Santo é claramente evidente nela, e sua pureza sem contestação. A igreja amada do Senhor é cheia do Espírito Santo.

A igreja Santa do Senhor não vive somente de aparência, ela externiza o que vem do seu interior, pois sua beleza é interior (olhos como os das pombas), ela é cheia do Espírito Santo.

As pombas são aves simples. A vida Cristã é na simplicidade. Quanto mais queremos se distânciar da simplicidade do Evangelho de Cristo, perdemos a sua essência.


"...os  olhos são como os das pombas entre as tuas tranças;"


A palavra tranças é mencionada freqüentemente nas Escrituras, especialmente com referência à cabeça. A maneira e o costume de pentear o cabelo variavam consideravelmente entre as nações. E geralmente mostram sinal de Sujeição.

Como o cabelo comprido é sua glória e marca sua sujeição ao homem (1Co 11: 6-15), os cabelos do nazireu marcaram sua sujeição e separação para Deus. (Jz 16:17, com 2Co 6:17; Tt 2:14; 1Pe 2: 9). Jesus Cristo cuida das preocupações mais minuciosas de Seus santos (Mt 10:30).

Cabelos aponta como sinal de sujeição na bíblia.

Interessante que as tranças são formadas com  três porções de cabelos entrelaçados. A igreja de Cristo tem se sustentando no decorrer dos séculos por está em obediência ao projeto do Pai do Filho e do Espírito Santo e isso através das escrituras. Uma igreja sujeita a trindade. Seus pensamentos são moldados pelas escrituras.


"...o teu cabelo é como o rebanho de cabras que pastam no monte de Gileade..."

A igreja é vista através dos cabelos. Estes falam dos pensamentos do homem, numa uniformidade perfeita, todos os membros do corpo de Cristo estão ligados a mente de Cristo, nisso não há confusão!

À semelhança de um rebanho de cabras que descem ondeantes, pensando e agindo concordemente, numa cadência bonita; não param em uma sucessão de continuidade; é dinâmica. Os pensamentos, vistos através dos cabelos, mostram que a igreja de Cristo vive aquilo que prega, o exterior é o reflexo do que é o interior. É a igreja que se movimenta pelo Espírito. "Descem ondeantes do monte de Gileade".

CONCLUSÃO

A igreja de Cristo como falamos no início não é uma placa denominacional, são servos que aceitaram o sacrifício de Jesus e nasceram de novo, e é esse grupo de servos que fazem parte da igreja de Cristo. E essa igreja está pronta, o Senhor a vê e a contempla, é a igreja do arrebatamento. E neste momento final a igreja de Cristo proclama junto com o Espírito Santo: Vem Senhor Jesus!

"O Espírito e a noiva dizem: "Vem! " E todo aquele que ouvir diga: "Vem! " Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida". Apocalipse 22:17



FONTE DE PESQUISA: 

Livro Cânticos dos Cânticos - Josenildo Pereira: Pág.23.
História das Pombas: http/yahwehishisname.blogspot.com.br/2013/04/song-of-solomon-my-dove-with-doves-eyes.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo