REFORMA DA NAÇÃO

REFORMA DA NAÇÃO
Escrito por Nildo Oliveira
Maceió/AL

Podemos dividir o livro de Neemias em 3 momentos de grande importância; 

•A reconstrução dos muros (cap1-7);
•A restauração da aliança (cap 8-10);
•A reforma da Nação (cap 11-13).

1° - RECONSTRUÇÃO DOS MUROS
Neemias 6:1

• "Nele não havia brecha nenhuma" 

Este foi o grande motivo da reconstrução dos muros de Jerusalém.

As brechas precisam ser tapadas.

Deus queria somente a reconstrução dos muros? Não! A reconstrução dos muros era o início de um projeto de Deus para o povo de Israel, o povo está desprotegido, levantar os muros era levantar as proteções contra os opositores. Essa etapa foi feito pelo povo.

2° - RESTAURAÇÃO DA ALIANÇA 
Neemias 9:38

•"Firme; 
•Aliança...Selaram-no" 

O compromisso feito após o muro reconstruído. Existe um Projeto estabelecido e o compromisso é com Ele.

O povo tinha perdido a cidade por conta da quebra da aliança com Deus, era necessário voltar a ter compromisso com o Altíssimo, Deus não divide sua glória com ninguém, a cidade estava desprotegida, todos estãos 

3° - REFORMA DA NAÇÃO 
Neemias 12:45
• "Guarda do Seu Deus"
• "Guarda da purificação"
• "Cantores e porteiros"

A obra de Deus tem uma forma definida de acordo com as determinações do Senhor na sua Palavra e não imitações do mundo. 

Era necessário deixar para trás todo costume pagão, tudo que negava a doutrina, uma mudança de mentalidade, novo nascimento, renunciar uma vida de pecados.

RESULTADOS PRÁTICOS PARA A IGREJA DE HOJE
No final do capítulo 7, profeticamente aponta a Restauração da Igreja do tempo do breve que voltará a ser como a Igreja Primitiva.

Muros prontos, mas a Cidade ainda não havia sido reconstruída.

Primeiramente coloca-se:

PORTEIRO
O que zela pela Doutrina.
A porta é Jesus, A Doutrina.

LEVITA
Ministério identificado com a Igreja Primitiva, no pacto da Nova Aliança, como Paulo ensinou.

CANTORES
Louvor revelado e inspirado pelo profético. Louvores moldados pela palavra de Deus!

CONCLUSÃO
Muros prontos pacto feito, agora tudo se estabelece configura-se como nação do Senhor.


Topo