VOCÊ EXAMINA AS ESCRITURAS COMO OS CRENTES DE BEREIA?

POR NILDO OLIVEIRA
VOCÊ EXAMINA AS ESCRITURAS COMO OS CRENTES DE BEREIA?

"Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim". (At 17:11)

INTRODUÇÃO

Quero iniciar esse estudo te fazendo uma pergunta: O que torna uma igreja bíblica?

É seu slogan? É o número grande de membros? Ou o impacto que seu pastor tem na região? Será que é o seu status na sociedade ou seu orçamento financeiro? Não, absolutamente não! uma igreja se torna bíblica pela maneira como lida com a Palavra de Deus: “Ora, estes de Bereia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim” (At 17.11).

Paulo enfatiza que esta igreja possuía um diferencial  que a tornava notável.

Veremos as duas principais razões pelas quais podemos afirmar que os crentes Bereanos foram mais nobres que os crentes de Tessalônica. Ao final dessa leitura você poderá avaliar se você tem sido ou não um  crente bereano.


1. RECEBIAM A PALAVRA COM AVIDEZ

A palavra “avidez” significa desejo intenso e desmedido por alguma coisa. Imagine uma pessoa quando  passa muito tempo sem alimento ou sem água, e quando os recebe come com muita vontade, por causa da extrema necessidade de seu organismo. Talvez este seja um dos aspectos mais importantes de uma igreja que cresce em direção a Deus: Sede de Deus.

Os Bereanos receberam a palavra com toda avidez, que significa: zelo, entusiasmo, inclinação, intensidade e disposição.

O grande problema das igrejas, é que as pessoas não se sentem mais atraídas pela palavra de Deus.

Você tem sede da Palavra? Deseja conhecer a Palavra? Saber a vontade de Deus para sua vida? Conhecer mais a Cristo? Os crentes de Bereia demonstravam este anseio de saber as verdades de Deus. (Sl 119:20; Nem 4:4)


2. EXAMINAVAM AS ESCRITURAS

O verbo grego utilizado para "examinar" é anakrino, que é usado para investigações judiciais, quando, por exemplo, Herodes interrogou a Jesus (Lc 23.14,15), o Sinédrio a Pedro e João (At. 4.9), e Félix a Paulo (At. 24.8). Esse verbo implica integridade e ausência de preconceito. Desde então, o adjetivo “bereanos” tem sido aplicado a pessoas que estudam as Escrituras com imparcialidade e atenção.

Os crentes de Bereia não tinham como característica apenas a avidez, mas eram criteriosos no estudo da Palavra. 

É importante não apenas ter sede da palavra, mas examinar cuidadosamente a palavra. Pessoas convertidas não devem apenas ler a Bíblia, mas devem também estudar a Bíblia.

O que muitas vezes acontece é que lemos a palavra de Deus sem interesse de saber o que ela realmente ensina. Nós escolhemos determinados textos que gostamos, e ficamos lendo apenas estes textos.

É importante que a convicção de fé se forme fundamentada no que a Bíblia ensina, e não fique na dependência apenas de ensinamentos de uma religião, de denominações ou de pregadores.

Eles examinavam continuamente as Escrituras Sagradas, que na época era a Torá, o livro dos Profetas e os Salmos que para nós cristãos é o Antigo Testamento, para confirmar se aquilo que o apostolo Paulo e demais discípulos estavam realmente pregando, era realmente a palavra de Deus ou mais uma doutrina de homens.

Para eles não importava se era Paulo o apóstolo de Jesus que estava falando. Eles foram conferir na palavra para depois aceitar o testemunho do apóstolo.


PAULO CONDENOU AQUELA IGREJA?

E o que nos chama atenção neste registro que Lucas fez, é que estas atitudes dos bereanos não foram condenadas pelo apóstolo Paulo ou pela igreja, pelo contrário, foi recebida como exemplo ao ponto de merecerem destaque no registro dos Atos dos Apóstolos. 

O fato de os Bereanos serem servos que conheciam as Escrituras Sagradas e a examinavam para verificarem se o que os apóstolos pregavam era verdadeiro ou não, era algo positivo, pois servia de testemunho para confirmar que a doutrina que os apóstolos pregavam era de Deus e não de homens. Eles confirmavam se era o evangelho eterno.  (Mt 15:9)

Não queremos dizer com isso que devemos descartar os ensinamentos de pastores ou igrejas, não, mas estamos afirmando que a fé cristã tem que estar baseada na Palavra de Deus, de modo que se o que é ensinado não resiste ao exame das Escrituras então tal doutrina não passa de ensinamentos de homens. 

Todos os ensinamentos e materiais para o crescimento espiritual como estudos bíblicos são válidos, tais como enciclopédias, comentários, pregações e obras expositivas. Porém, devem ser utilizados apenas após ser aplicado o princípio de investigação original, a Palavra de Deus. Primeiro devemos ir direto na fonte, a bíblia sagrada.

"Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando vocês mesmos." (Tg 1:22)


FALTA CRENTES BEREANOS HOJE

Por falta de crentes Bereanos nos dias de hoje, se torna fácil para muitos líderes religiosos difundirem suas doutrinas heréticas com toda liberdade, ao ponto de seus seguidores confiarem mais no que diz tais líderes do que na própria Palavra de Deus. (2 Pe 2:1; At 20:29-31)

Por isso tantos crentes ouvirem e aceitarem pregações e ensinamentos contrários à Palavra de Deus, porque simplesmente não examinam as Escrituras como os bereanos faziam, muitos crentes de hoje obedecem cegamente seus líderes sem pestanejar. (Rm 16:17-18)

 Muitos pensam assim:

  • “Esse líder é homem de Deus ungido, então tudo o que ele fala deve ser de Deus”;
  • “Se esse líder estiver errado Ele que vai prestar contas com Deus, não eu, pois estou apenas obedecendo”;
  • “Deus nos céus e meu Pastor na Terra”

Primeiro que, não é porque um homem é ungido de Deus que ele está imune a falhas ou erros de interpretação da bíblia, segundo, se o líder está errado ele vai prestar contas com Deus sim, mas aqueles que o seguem terão o mesmo destino, porque Deus nos deu Sua palavra, por tanto não há desculpas, pois o fato de não examinar as Escrituras já é em si um pecado de negligência.

“Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus”. (Mt 22.29)

Devemos ser como os crentes de Bereia, termos nossa vida fundamentada na palavra, e seremos reconhecidos como nobres pelo Senhor, devemos examinar tudo que é pregado e avaliar se corresponde à verdade (At 17:12). 

Termino esse estudo com as palavras de Paulo: "Mas, ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que pregamos a vocês, que seja amaldiçoado! Como já dissemos, agora repito: Se alguém anuncia a vocês um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!" (Gl 1:8-9)


REFERÊNCIAS 

• Atos - Hernandes Dias Lopes - Comentário Expositivo Hagnos, pág. 333.  
• STOTT, John. A mensagem de Atos, pág. 309;
• Bíblia Almeida Corrigida Fiel (ACF).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Temas

Topo