TU ÉS PÉTROS

POR RODRIGO H. C. OLIVEIRA
TU ÉS PÉTROS - Tu és Pedro

Sabemos que as divergências entre católicos e protestantes são grandes, e em se tratando do fundamento da Igreja isso não é diferente.

A Igreja Católica Romana considera que o fundamento é Pedro, porém entendemos que essa, na realidade, é uma visão falha.

Ao afirmarem que o apóstolo Pedro é a pedra fundamental sobre a qual Cristo edificou sua Igreja, os católicos-romanos desenvolvem a partir do texto de Mateus 16.16-19 o seguinte raciocínio:

“1 – Pedro é a rocha sobre a qual a Igreja está edificada;

2 – A Pedro foi dado o poder das chaves, portanto, só ele e seus sucessores (os papas) poderão abrir a porta do Reino dos Céus;

3 – Pedro tornou-se o primeiro bispo de Roma;

4 – Toda autoridade eclesiástica foi conferida a Pedro, até nossos dias, através da linhagem de bispos e de papas, todos, vigários de Cristo.” (EETAD, p. 159)¹.



PEDRO OU CRISTO?

Mas será mesmo Pedro o fundamento da Igreja? Atenhamo-nos, pois, para o que nos diz a Palavra de Deus:

“Portanto assim diz o Senhor Deus: Eis que ponho em Sião como alicerce uma pedra, uma pedra provada, pedra preciosa de esquina, de firme fundamento; aquele que crer não será abalado” - Isaías 28.16

Importante ressaltar que essa pedra é alicerce, é pedra provada e preciosa de esquina, é pedra de firme fundamento, ou seja, é uma pedra sobre a qual se pode construir com segurança. É sobre essa pedra que a Igreja está edificada, “e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”, porque nada há que a possa abalar.

O próprio apóstolo Pedro declarou que Cristo é essa pedra: “Este Jesus é pedra rejeitada por vós, os construtores, a qual se tornou a pedra angular” - Atos 4.11

Também em sua própria carta, disse: “Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, sois vós também quais pedras vivas, edificados como casa espiritual para serdes um sacerdócio santo...” - I Pedro 2.4,5

Aqui, fica claro que fomos edificados não em Pedro, mas no alicerce rejeitado que é Cristo Jesus.



PÉTROS OU PÉTRA?

Voltando ao texto de Mateus observamos que Pedro é, no texto original, Pétros (gr. Πέτρος). Já a pedra sobre a qual a Igreja seria edificada é Pétra (gr. πέτρᾳ):

“Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus. Também eu te digo que tu és Pedro (gr. Πέτρος - Pétros), e sobre esta pedra (gr. πέτρᾳ - Pétra) edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” - Mateus 16.16-18

O professor de grego helenístico da Universidade McGill, Abbott-Smith², observa que Pétros é uma pedra (seixo) como aquelas que podem ser encontradas ao longo de um caminho. Pétros (‘pedrinha’) contrasta com Pétra (‘penhasco, rocha’).

Notável erudito do grego, o Dr. Spiros Zodhiates³, também comenta que Pétros sempre significa uma pedra tal como um homem pode arremessar, no entanto, Pétra é uma grande rocha, penhasco.



CONCLUSÃO

O apóstolo Pedro, por mais notável que tenha sido, não é o fundamento da Igreja. No entanto, assim como ele, nós nos achegamos à pedra angular, a pedra que é fundamento, a pedra eleita e preciosa que é Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador.

Somente em Jesus nós, que fomos edificados casa espiritual, encontramos o alicerce seguro, o firme fundamento que nos sustenta e nos livra de sermos abalados.

“Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo” - I Coríntios 3.11

Mantenhamos, portanto, nossos olhos fixos nEle.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!



FONTE

¹ OLIVEIRA, Raimundo Ferreira de. Elementos da Teologia Bíblica. EETAD, páginas 159 e 160.

² Estudo de Palavras e Concordância de Strong. Disponível em < https://biblehub.com/greek/4074.htm >

³ Estudo de Palavras e Concordância de Strong. Disponível em < https://biblehub.com/greek/4074.htm >

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Temas

Topo