O GRANDE ERRO DE ELIASIBE FOI SE APARENTAR COM TOBIAS?

POR LUCAS NUNES
O GRANDE ERRO DE ELIASIBE FOI SE APARENTAR COM TOBIAS?

Eliasibe foi um sumo sacerdote que abandonou a Palavra de Deus, resultando em pecado e quebra de toda a comunhão no culto. Qual foi o grande erro de Eliasibe? Qual o resultado desse erro para a prestação do culto ao Senhor? Quais foram as atitudes necessárias para corrigir esse erro?

Lemos no capítulo 3 de Neemias, versos 1 e 20 que Eliasibe era um sumo sacerdote. Ele não era apenas um sacerdote, mas um sumo sacerdote – cargo religioso estabelecido de maior autoridade. Somente o sumo sacerdote podia entrar no Santo dos Santos, e apenas uma vez por ano, durante o Dia da Expiação.

Dentre as atribuições dos sacerdotes estava a de ensinar a lei ao povo, como se pode ver na passagem de Deus falando a respeito de Arão e seus filhos: ...”Vinho e bebida forte tu e teus filhos contigo não bebereis, quando entrardes na tenda da congregação, para que não morrais...e para ensinar aos filhos de Israel todos os estatutos que o Senhor lhes tem falado pela mão de Moisés” (Lv 10.9-11)

Antes de morrer, Moisés abençoou os filhos de Israel da seguinte forma: “E de Levi disse: ...Ensinaram os teus juízos a Jacó e a tua lei a Israel...” (Dt 33.8-10). Arão era descendente de Levi, de maneira que as passagens acima deixam claro que o ensino da lei era responsabilidade sacerdotal.

Outra responsabilidade dos sacerdotes era a condução do culto ao Senhor, quando os sacrifícios eram levados a Deus por eles para que o povo pudesse ter os pecados perdoados e a comunhão reestabelecida. As referências são diversas, podendo ser citadas algumas: “...E, se alguma pessoa pecar, ...trará ao sacerdote um carneiro ...para expiação da culpa, e o sacerdote por ela fará expiação do seu erro...” (Lv 5.17-18) “Quando uma pessoa pecar...trará ao Senhor um carneiro...para expiação da culpa; trará ao sacerdote. E o sacerdote fará expiação por ela diante do Senhor...” (Lv 6.27).

Voltando ao capítulo 13 de Neemias, vemos que Eliasibe havia se aparentado com Tobias – um amonita (v.4) e permitido que fosse feito um local para os móveis dele (vs.5 e 8). O local onde se colocavam as ofertas, incenso, utensílios, dízimos para os levitas, cantores e porteiros, como também a oferta para os sacerdotes, foi dado por Eliasibe a Tobias para lhe beneficiar (v.7).

Com esse ato, a ordem do culto foi quebrada, pois a parte que era destinada ao sustento dos levitas e cantores estava sendo desviada (v.10), de forma que eles abandonaram suas funções da Casa do Senhor.

Aqui, a bíblia não detalha o ocorrido, mas como a parte dos levitas e cantores não estava sendo dada a eles, e Tobias estava ocupando um espaço destinado a essas ofertas e dízimos, é possível inferir que Tobias estava se beneficiando de alguma forma disso (v.7) (e talvez Eliasibe? Qual o propósito de Eliasibe em permitir que Tobias se beneficiasse de ter um espaço na Casa de Deus? Seria somente para beneficiar Tobias ou para se beneficiar também, visto que havia uma relação de parentesco entre eles? A bíblia se cala, e onde ela se cala não podemos avançar. Mas Deus o sabe e irá julgar os segredos dos homens quando cada um comparecer diante do tribunal de Cristo).

Porém, o que foi descrito até aqui não foi o grande erro de Eliasibe.

Vimos que uma das funções sacerdotais era ensinar a lei ao povo. Voltemos ao v.1: “Naquele dia, leu-se no livro de Moisés aos ouvidos do povo; e achou-se escrito nele que os amonitas e os moabitas não entrassem jamais na congregação de Deus...”

O “livro de Moisés” se refere à lei. Interessante atentar para a expressão “achou-se escrito”. Achar é um verbo utilizado que significa encontrar, descobrir. O que foi achado, descoberto? Só se acha algo que estava escondido. Só se descobre algo que estava encoberto. Só se encontra algo que estava perdido. O que era?

O escrito, a lei, a letra!

“Nenhum amonita ou moabita entrará na congregação do Senhor...” (Dt 23.3).

O povo não conhecia essa Palavra. Mas “Naquele dia, leu-se no livro de Moisés aos ouvidos do povo...” Não sabemos quem leu. Mas o importante, aqui, foi o resultado dessa leitura. Essa leitura do escrito, revelou o pecado que havia se instalado em Israel. 

A função da lei é justamente revelar, descobrir, trazer à luz o pecado. 

Vamos fazer uma pausa aqui para meditar nas boas novas do Evangelho. As pessoas só se interessarão pela salvação se houver plena consciência de seu estado de perdição. Aqui está a aplicação da lei: conduzir as pessoas a Jesus Cristo através do reconhecimento de seus pecados! 

E assim “...ouvindo eles esta lei, apartaram de Israel toda mistura.” (arrependimento e nova atitude).

Uma reforma espiritual só foi possível após ser revelado ao povo aquilo que já estava claro se fosse lido. O grande erro de Eliasibe foi que, sendo sumo sacerdote, falhou em ensinar a lei.

Será que ele não ensinou a lei para deixar os demais na ignorância e assim poder beneficiar Tobias? 

A causa de o povo desconhecer a lei não nos é exposta na bíblia. Porém, esse fato não tira a responsabilidade dos sacerdotes em ensinarem a lei ao povo. “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos” (Os 4.6).

Esse é o resultado quando se abandonam a escritura: destruição espiritual.

Se o culto não estava se procedendo de forma correta, qual era a causa? Os levitas e cantores haviam fugido. Por quê? A porção dos dízimos não lhes era dada. Por quê? O local desses dízimos e ofertas havia sido ocupado por Tobias. Por quê? Desobediência ao escrito de Deus.

A origem de todo o problema e solução dos problemas é a Palavra.

Um sacerdote que desconhece ou aplica mal a Palavra destrói a comunhão do culto. Um sacerdote que conhece e aplica bem a Palavra constrói um ambiente de comunhão para o culto ao Senhor. 

A atitude necessária para retorno da comunhão no culto é o retorno às Escrituras. Essa foi uma das bases da Reforma Protestante: “Sola Scriptura”.

Somente com o retorno às Escrituras é possível retirar os móveis de Tobias, purificar as câmaras, trazer os utensílios da Casa de Deus, juntamente com as ofertas, incenso, levitas e os cantores.

CONCLUSÃO
Somente com o retorno às Escrituras é possível retirar o pecado e purificarmos nosso coração com o sangue de Jesus, para sermos instrumentos em Suas mãos, oferecendo nossos corpos como sacrifício vivo a Ele, em louvor e oração que subam até o Seu trono, em um ambiente de comunhão com todos os irmãos que trabalham em prol da obra do Espírito Santo.

Um comentário:

  1. O estudo foge do Título abordado.

    A palavra é bem exata quando fala que o grande erro de Eliasibe foi a respeito de uma amizade de Eliasibe com Tobias.

    Já que estão usando textos isolados para concluir um estudo, usarei aqui um também.

    Davi Eli Salmos adverte o homem de não estar junto aos escarnecedores.

    Há um grande prejuízo quanto a quem faz a obra de qualquer forma... Eliasibe estava na obra. Edificou e Consagrou a porta, e o reparo, quem fez? Os ourives e mercadores...

    O estudo poderia ser mais eficiente baseada em todo o contexto da história do Cap 1 ao 13.

    Mudem o título!!

    ResponderExcluir

Topo