O CRISTÃO DEVE SE PRECAVER EM TEMPO DE EPIDEMIAS?

POR ÁLVARO OSTROSKI
O CRISTÃO DEVE SE PRECAVER EM TEMPO DE EPIDEMIAS?
OUÇA A MENSAGEM AQUI:

Certamente o início de 2020 é um tempo de grande aflição mundial devido à proliferação do vírus conhecido como “COVID 19” ou “CORONAVÍRUS”.

Eventos esportivos foram cancelados, as bolsas de valores estão em colapso, países estão fechando fronteiras e muitas pessoas estão entrando em pânico.

Diante da rápida expansão do vírus os especialistas têm feito advertências quanto aos cuidados com a higiene pessoal e orientando que não ocorram eventos com grande concentração de pessoas. E isso por sua vez afeta diretamente aos cristãos que se reúnem em templos para realização dos cultos. 

QUAL A POSIÇÃO DO CRISTÃO DIANTE DISSO?

Alguns cristãos têm argumentado que as rotinas de cultos, bem como de seus afazeres devem ser mantidas. Vejamos alguns argumentos de tais cristãos:

1. “Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda” – Salmo 91:10. Argumento de que a enfermidade não poderá tocar no crente;

2. “... aquele que é nascido de Deus ... o maligno não lhe toca” – 1 João 5:18. Argumento de que a enfermidade não poderá tocar no crente;

3. O vírus é coisa do diabo para impedir os cristãos de cultuarem;

4. Jesus poderia ter descido da cruz e não desceu, não podemos parar os cultos por medo da morte.

Será mesmo que não devemos nos precaver nas atuais circunstâncias? É anti bíblico e falta de fé restringirmos os cultos? Por sermos cristãos não seremos atingidos pela enfermidade?

Vamos fazer uma análise à luz da Bíblia de qual deve ser nossa posição diante de tudo que está ocorrendo. Vejamos:

1. “Não tentareis o SENHOR, vosso Deus , como o tentastes em Massá” – Deuteronômio 6:16. Deixar de tomar os cuidados necessários para evitar o contagio com o vírus é “tentar a Deus”, no sentido de colocá-lo a prova para saber se Deus está ou não conosco, foi isso que os hebreus fizeram com o SENHOR em Meribá/Massá (Êxodo 17:7). O diabo também quis que Jesus coloca-se Deus a prova (Mateus 4:6,7). Não se precaver com relação ao vírus por acreditar que Deus é obrigado a lhe preservar é obra do diabo;

2. “...no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” João 16:33. Jesus declarou aos seus discípulos que eles teriam aflições;

3. A mesma Bíblia que cita o Salmo 91:10 e I João 5:18 diz em Eclesiastes 9:2 “Tudo sucede igualmente a todos; o mesmo sucede ao justo e ao ímpio” falando que a morte vem a todos, imagine uma enfermidade;

4. O Salmo 91:10 e I João 5:18 mostram que o servo de Deus é guardado sim por Ele, mas não significa que nunca haverá dificuldades para o crente, veja o que Paulo diz em Romanos 8:35 “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angustia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?” Lembremos ainda da vida de Jó, homem justo, que foi duramente posto a prova, onde o diabo teve autorização para lhe testar;

5. Dizer que “o vírus é coisa do diabo para impedir os cristãos de cultuarem" é falta de conhecimento bíblico, pois Jesus em Lucas 21:11 declarou que pestilências seriam sinais para a Volta de Jesus. Além disso, o cancelamento de cultos não é em virtude de perseguição religiosa, mas sim por precauções sanitárias;

6. Declarar que “Jesus poderia ter descido da cruz e não desceu, não podemos parar os cultos por medo da morte” é desconhecer que Jesus não se expôs até o momento certo de seu ato remidor. Veja que Jesus se precave ao saber que queriam lhe prender e matar quando ainda não tinha chegado sua hora (João 11:46-57), perceba João 11:53,54 “Desde aquele dia, pois consultavam-se para o matarem. Jesus, pois, já não andava manifestamente entre os judeus, mas retirou-se dali a terra junto do deserto...”.

CONCLUSÃO:

É dever do cristão se precaver numa situação como a que estamos vivendo. Precisamos saber que estamos nas mãos do nosso Deus que tem cuidado de nós, mas que por autorização Dele poderemos sim ser vitimados por tal enfermidade, por isso como servos prudentes que edificam sua casa sobre a rocha devemos estar nos preservando e orando pelos pesquisadores que buscam formas de neutralizar tal vírus.

OUÇA ESSA MENSAGEM COMPLETA ABAIXO:
Topo