ESCATOLOGIA

POR ÁLVARO OSTROSKI

Daniel 12:4a “E tu Daniel, fecha as palavras e sela este livro, até ao fim do tempo” 


ESBOÇO DO ARTIGO
1. Introdução
2. Significado de Escatologia
3. Tópicos de estudo
4. Finalidade do estudo
5. Linhas denominacionais a serem abordadas
6. Por quê estudar diversas visões sobre Escatologia?
7. As referências de pesquisa
9. O que é mais importante em Escatologia
9. Nossa posição
10. Nosso objetivo

INTRODUÇÃO
O apóstolo Paulo movido pelo Espírito Santo escreveu em Romanos 15:4 que “tudo que dantes foi escrito para nosso ensino foi escrito, para que, pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança”, ou seja, tudo que consta na Bíblia foi escrito para nosso ensino.

A partir de tal premissa percebemos a importância de estudarmos todos os temas que constam na Bíblia. Por este fato se faz necessário que venhamos a estudar os temas envolvendo “O Fim dos Tempos”.

SIGNIFICADO DE ESCATOLOGIA
Esse estudo do “Fim dos Tempos” é chamado de Escatologia. A palavra Escatologia surge do grego “éskhatos” ou “skatós” que significa “último” e “logia” que significa “estudo”. Logo Escatologia é a Doutrina que estuda as coisas que devem acontecer no fim dos tempos.

TÓPICOS DE ESTUDO
Dentro disso estudaremos sobre: Princípio das Dores; Arrebatamento da Igreja; Grande Tribulação; 70 Semanas de Daniel e, especificamente  no livro de Apocalipse veremos estudos sobre: Os 7 selos ; As 7 Trombetas; As 2 Testemunhas ; A Mulher e o Dragão; As Bestas; As 7 Taças da Ira; A Grande Babilônia; Batalha do Armagedom; Milênio; Juízo Final e talvez outros.

FINALIDADE DO ESTUDO
Esses estudos não visam ser uma apologia (defesa) a visão de uma Denominação Cristã, mas visam apresentar aos leitores de forma educada e madura uma visão geral e sistemática do que a Bíblia registra sobre tais tópicos.

Também não temos a ambição de exaurir o conteúdo de cada tópico, mas sim apresentar um panorama.
Estes artigos não são destinados a teólogos capacitados, mas a leigos como nós que simplesmente amam a Palavra de Deus e querem conhecê-la cada dia mais.

Importante esclarecer que ao longo da história da Igreja muitos servos de Deus dedicaram-se ao estudo de tais tópicos e surgiram linhas de interpretação diferenciadas. Nestes estudos abordaremos as principais linhas de interpretação e com base no “Livre Exame das Escrituras” iremos expor os argumentos que nos levam a crer em uma em detrimento da outra.

LINHAS DENOMINACIONAIS A SEREM ABORDADAS
Nestes estudos veremos os pensamentos mais comuns no meio cristão, aquele que o leitor no cotidiano poderá ter contato, seja por ouvir uma pregação em sua Igreja, por assistir um programa de TV/Youtube ou ser abordado na porta de casa com alguém lhe entregando um folheto ou oferecendo um estudo bíblico.

Sendo assim, abordaremos as visões Históricas, Reformadas, Tradicionais, Pentecostais, Neopentecostais, Adventistas do 7º Dia e das Testemunhas de Jeová.

Cabe uma observação de que no meio evangélico brasileiro o grupo das Testemunhas de Jeová e dos Adventistas do 7º Dia são considerados “seitas” por terem sistemas doutrinários, ou interpretações bíblicas diferenciadas daquilo que muitas vezes é chamado de “ortodoxo”. Os artigos que serão publicados não visam defender, nem acusar tais grupos, mas simplesmente apresentar o que eles pensam, pois nos deparamos com esses pensamentos com freqüência e nosso foco é que o leitor saiba o que tais grupos pregam para se for o caso poder rechaçar se assim entender.

Finalizo declarando que entendo que o termo “seita” se tornou muito pejorativo no evangelicalismo brasileiro por isso minha posição quanto a isso é a mesma de Agostinho de Hipona e John Wesley que diziam no essencial unidade, no não essencial liberdade, em tudo amor”.

POR QUÊ ESTUDAR DIVERSAS VISÕES SOBRE ESCATOLOGIA? 
 1. Para eu ter certeza que aquilo que acredito é realmente a verdade Bíblica, como vou saber que aquilo que aprendi é a verdade se não conhecer os outros pontos de vista? Lembre-se o que Jesus disse em João 8:32 "e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" e do elogio que Paulo faz aos crentes da cidade de Beréia em Atos 17:11 "Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim";

2. Para me ser útil no evangelismo e na assistência, pois posso encontrar com pessoas que tenham uma visão escatológica diferente da minha ou pessoas com dúvidas quanto ao assunto e necessitarei ter um pouco de conhecimento para conversar com elas. Lembre do conselho de Paulo em II Timóteo 2:15 "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade". Obreiro aqui não é quem possui o cargo denominacional de obreiro, mas sim aquele que faz a obra de Deus, nisto, todos somos obreiros desta grande seara. 


AS REFERÊNCIAS DE PESQUISA
No final de cada artigo apresentaremos as fontes de pesquisa, as quais são artigos retirados de páginas on line, palestras do Youtube e Livros. Essas fontes de pesquisa on line procuram ser simples, mas com certa confiabilidade, onde qualquer um dos leitores poderá consultar.

O QUE É MAIS IMPORTANTE NA ESCATOLOGIA
Gostaríamos de frisar ainda que a Bíblia afirma de forma clara e categórica que: Jesus voltará, haverá um julgamento e os servos fieis de Deus estarão por toda a eternidade com Cristo. Essa é a Doutrina basilar da fé cristã no que tange a Escatologia e toda a Denominação Cristã verdadeira crê nisso, todavia, os mais diversos grupos cristãos divergem nos pormenores de como isso irá ocorrer.

NOSSA POSIÇÃO 
Nossa posição acerca disso é de respeito à visão interpretativa destes irmãos, muito embora podendo não concordar com ela, mas sem lhes atribuir o rótulo de “hereges”.

Entendemos ainda que a Bíblia é a verdade de Deus, mas não nos julgamos detentores de tal verdade, pois somos humanos, limitados e falhos. Caso percebamos posteriormente que nossa visão estava equivocada, sem problema algum nos reformularemos e nos direcionaremos aos trilhos da verdade de Deus.

Expressamos que nossa visão escatológica se enquadra nos pensamentos Dispensacionalista; Pré-Tribulacionista e Pré-Milenista.

NOSSO OBJETIVO
Os estudos que apresentaremos foram obtidos por meio de pesquisas e têm de forma piedosa o desejo de acrescentar conhecimento bíblico, tanto histórico como profético, a vida dos leitores para assim auxiliar no seu desenvolvimento cristão, cumprindo o que a Palavra de Deus requer de nós quando diz em II Pedro 3:18 “antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo....”.

Por fim deixamos as palavras inspiradas do apóstolo Paulo em I Tessalonicenses 5:21 “Examinai tudo. Retende o bem”. 


Topo