A MULHER ENCURVADA

POR NILDO OLIVEIRA 
A MULHER ENCURVADA

"Certo sábado Jesus estava ensinando numa das sinagogas, e ali estava uma mulher que tinha um espírito que a mantinha doente havia dezoito anos. Ela andava encurvada e de forma alguma podia endireitar-se. Ao vê-la, Jesus chamou-a à frente e lhe disse: "Mulher, você está livre da sua doença". Lc 13.10-12

O texto acima mostra acerca de uma mulher que há dezoito anos tinha uma enfermidade, andava encurvada. E o  Senhor Jesus, que conhecia a situação daquela mulher, a curou no Sábado.


ALGUNS PONTOS IMPORTANTES

1. Aquela mulheres vivia sob a influência de um espírito maligno. 2. Ela sofria há  muito tempo. 3. Ela já tinha tentado de tudo – Certamente já tinha procurado todos os recursos da medicina. 4. Ela era uma mulher de fé – Mesmo assim, fora acometida daquela enfermidade. Jesus, a chama de “filha de Abraão”, demonstrando sua fé no Todo Poderoso.


A MULHER ERA ENCURVADA

Assim como aquela mulher, muitos hoje estão vivendo encurvados por diversos motivos: Por causa de uma enfermidade (Lc 13.11); Por causa de um espírito maligno (Lc 13.11); Por causa de pecado (Sl 38.6); Por causa de tristeza (Sl 42.5); Por causa de tanto sofrer (Sl 44.25).

Pessoas encurvadas tem a tendência de olhar para baixo e não para o alto. Por esse motivo não acham soluções para seus problemas, pois a solução vem do alto. (Sl 121.1-2)

O Senhor Jesus conhecia a necessidade daquela mulher e há quanto tempo ela vinha sofrendo com aquela enfermidade e concedeu o que ela precisava, libertação.


ALGUMAS ATIVIDADES PARA FAZER VOCÊ ERGUER A CABEÇA

1. Não desista de lutar - A mulher encurvada nunca desistiu, apesar de 18 anos de sofrimento. Ela buscou recursos para resolver seu problema.

2. Não abandone a comunhão da igreja - A mulher tinha todos os motivos do mundo para não ir à comunhão da igreja, mas não agia assim. Ela ia sempre, pois sabia da importância de se estar presente na casa de Deus, no meio do povo de Deus. 

“Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns…” (Hb 10.25a).

3. Busque primeiramente o Reino de Deus - O que a mulher foi fazer na sinagoga? Observe a sequência da narrativa bíblica: Jesus não estava operando milagres. Pelo contrário, ele estava ministrando ensinamentos. É incrível que ela, em meio a todo o seu sofrimento, não queria nada menos do que o alimento da Palavra de Deus para manter a sua alma viva, ereta, já que seu corpo estava encurvado.


CONCLUSÃO

Se você se sente só, Jesus está perto de você. Ele pode preencher o vazio da sua alma. Todos o abandonam. Todos o acusam. Todos o discriminam, mas Jesus investe em você.

Se você se sente desamparado, Jesus levanta você. Jesus põe você de pé. Você caiu, fracassou, não tem forças para se levantar. As pessoas lhe rejeitaram. Mas Jesus ama você e toma você pela mão e lhe dá dignidade para continuar a viver.

Se você se sente desencorajado, Jesus acende uma chama de esperança no seu coração. Jesus gera expectativa no seu coração: “Você quer ser curado?”

Se você se sente manco, aleijado, deformado em seus sentimentos, Jesus cura você. Ele limpa a sua vida. Ele restaura o seu nome. Ele perdoa você.

Se você se sente fraco, derrotado e já tentou várias vezes e fracassou, Jesus restaura você. Jesus cura você. Levanta você. Restaura você e o devolve à sua família com dignidade!

Jesus também está vendo a sua vida. Ele vê a sua alma. Ele sonda o seu coração. Ele sabe qual é a sua doença. Nada pode ficar oculto aos olhos dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Temas

Topo