NÃO CHAME DE ARCO ÍRIS O ARCO DE DEUS

POR NILDO OLIVEIRA
NÃO CHAME DE ARCO IRIS O ARCO DE DEUS

E disse Deus: Este é o sinal da aliança que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas. O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra. E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens. (Genesis 9; 12 a 14).

A idolatria é tão comum ao longo das eras, que acabou fazendo parte do cotidiano até de quem não é idólatra. Um dos campos que ela invadiu foi o das palavras, em muitas línguas. Um exemplo? Como você chama aquele arco colorido que se forma no céu quando as nuvens reabrem após uma forte chuva e deixam a luz do sol passar? A maioria responderá “arco-íris”, sem pestanejar.

VEJAMOS O CONTEXTO BÍBLICO 

Sabemos que a maldade da raça humana fez com que Deus tomasse uma medida drástica, destruindo tudo em um grande dilúvio e começando tudo novamente.

E ao invés de fazer uma criatura nova a partir de materiais inertes, como fez com Adão, Deus salvaria uma família, e dela repopularia o mundo.

“E disse o Senhor: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, Desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito.” Gênesis 6:7

E como Deus escolheria uma família que valeria a pena ser poupada, em meio a tanta corrupção? O Gênesis afirma, sem problemas, que Noé alcançou o favor do Senhor:

“Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor.” Gênesis 6:8

E logo no próximo verso, o motivo desta escolha é explicado:

“Noé era homem justo e perfeito em suas gerações; Noé andava com Deus.” Gênesis 6:9

Deus já sabia deste fato de que “toda imaginação do homem era má desde a sua meninice”. Depois que as águas do dilúvio secaram, Deus de misericórdia declara:

“E o Senhor disse em seu coração: Não tornarei mais a amaldiçoar a terra por causa do homem; porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice, nem tornarei mais a ferir todo o vivente, como fiz” Gênesis 8:21.

E Deus estabelece uma nova aliança com Noé e seus filhos, de que não tornaria mais a trazer tamanha destruição ao mundo novamente, e como símbolo desta aliança Ele estabelece o seu arco nas nuvens do céu.

“E eu convosco estabeleço a minha aliança, que não será mais destruída toda a carne pelas águas do dilúvio, e que não haverá mais dilúvio, para destruir a terra. E disse Deus: Este é o sinal da aliança que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas. O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra” Gênesis 9:11-13

SIGNIFICADO DO ARCO NA BÍBLIA

A palavra em hebraico para arco de Deus é קַשְׁתִּי “keshet”. Interessantemente, a palavra Keshet, além de arco de Deus, também significa arco apenas. É bem fácil ver que a conexão da palavra arco em português e em hebraico é a mesma.

Os hebreus antigos se referiam ao arco de Deus como arco (um instrumento de guerra), usando a mesma palavra, tanto para o arco de Deus como para o armamento arco e flecha.

Interessante também notar que a curvatura do arco de guerra mostra a direção para o qual ele aponta a sua flecha.

Mas voltando para o Gênesis, Deus estabeleceu o seu arco nas nuvens para mostrar que não mais destruiria a terra por causa do homem.

E se Deus não destruiria mais o mundo por causa dos pecados do homem, isso queria dizer que Ele passaria então a tolerar a maldade humana? A resposta fundamental é NÃO!

Deus (pai) apontaria essa flecha afiada para Jesus (filho), que foi encravada na sua carne enquanto estava pendurado no madeiro, fazendo com que saísse sangue e água do seu corpo.

Sangue para a purificação dos pecados e água para a lavagem da maldade humana.

“Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.” João 19:34

“E outra vez diz a Escritura: Verão aquele que traspassaram.” João 19:37

Deus não mais castigaria a humanidade por que Deus na sua infinita misericórdia aponta para Cristo a punição pelos pecados do mundo, que deveria cair sobre todos nós, mas graças a Deus que o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele.

“Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” Isaías 53:5

MAS QUEM É  ÍRIS?

Mais quem é íris? Segundo a mitologia Íris é a deusa do arco-íris, filha do Titã Taumas e de Eléctra, filha do Titã Oceano. Como mensageira de Zeus e sua esposa Hera, Iris deixava o Olimpo apenas para transmitir os ordenamentos divinos à raça humana, por quem ela era considerada como uma conselheira e guia. Viajava com a velocidade do vento, podia ir de um canto do mundo a outro, ao fundo do mar ou às profundezas do mundo subterrâneo. Embora fosse irmã das Hárpias, terríveis monstros alados, Iris era representada como uma linda virgem com asas e mantos de cores brilhantes e um halo de luz em sua cabeça, deixando no céu o arco-íris como seu rastro.

Para os gregos, a ligação entre os homens e os deuses é simbolizada pelo arco-íris. Íris é a deusa do arco-íris, mensageira de Hera, rainha das deusas. Íris representa o lado feminino de Hermes, emissário de Zeus, que era adorada tanto pelos deuses quanto pelos mortais por sua natureza de bondade e amor. Os gregos acreditavam que quando Íris atravessava os céus para exerce a função de arauto divino a deusa deixava um rastro multicolorido ao atravessar os céus. Sempre que eles contemplavam no céu o Arco colorido, eles davam louvores e prestavam adoração a ela.

Não é difícil perceber como através dos séculos com o intuito de cobri, esconder e enganar as pessoas o adversário de nossas almas vem deturpando e tentando invalidar aquilo que é de Deus. Tudo que Deus criou é bom, mais o diabo que ainda continua tentando ser “igual a Deus” procura roubar a glória que é de Deus para si, coisa que nunca conseguiu nem conseguirá. Seu desejo de se apossar de tudo aquilo que pertence a Deus o faz atravessar os séculos ludibriando os homens e escondendo deles o verdadeiro sentido das coisas que Deus criou para sua glória. O adversário engana a humanidade atribuindo aos demônios (deuses) as obras feitas por Deus para que o verdadeiro criador e detentor da glória não receba da humanidade a glória que lhe é devida.

CONCLUSÃO

Esse pequeno artigo é um alerta aos nossos corações e as nossas almas para estamos atentos, pois os dias são maus e já está na hora de despertamos do sono.

"E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé." (Romanos 13 : 11)

Da próxima vez que o enorme arco colorido se estender no céu, glorifique a Deus que conserva sua aliança e colocou o seu arco nas nuvens para nos lembrarmos de sua maravilhosa misericórdia e graça!

3 comentários:

  1. Amém Glória a Deus! Louvado seja o nome do Senhor Jesus Cristo nas alturas! 🙏❤🌹🙌

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso estudo.
    Necessário, crescer no conhecimento e na graça.

    ResponderExcluir

Topo