Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

sexta-feira, 23 de junho de 2017

A ESSÊNCIA DA PREGAÇÃO - Atos 26:13-15

POR BRUNO ROCHA
Maceió/AL
A ESSÊNCIA DA PREGAÇÃO - Atos 26:13-15

"Ao meio-dia, ó rei, vi no caminho uma luz do céu, que excedia o esplendor do sol, cuja claridade me envolveu a mim e aos que iam comigo. E, caindo nós todos por terra, ouvi uma voz que me falava, e em língua hebraica dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Dura coisa te é recalcitrar contra os aguilhões. E disse eu: Quem és, Senhor? E ele respondeu: Eu sou Jesus, a quem tu persegues;"
Atos 26:13-15


INTRODUÇÃO
A pregação não pode ser um discurso, ou uma palestra, ou uma palavra de motivação pessoal. Não pode ser uma projeção pessoal. O sentimento ao pregar a palavra de Deus não pode ser esse. A pregação é *baseada* no testemunho do pregador , abordado através da Palavra revelada. O pregador tem que ser um homem salvo.




O pregador precisa trazer esta essência na sua pregação. Precisa ser movido por este sentimento ao pregar: O de testemunhar. Naquela tarde aconteceram 3 fatos narrados por Paulo:


DESENVOLVIMENTO

1-Uma luz do céu que excedia o sol
Veja que a luz envolveu a todos. A Palavra da vida que é pregada, esclarecida a todos. Nunca se ouviu tanto a Palavra de Deus no nosso país como nos dias de hoje. Está em todo lugar. Nas igrejas, na TV, no rádio, nos panfletos, nas livrarias...em muitos lugares. Envolve a todos.


2-Todos caíram por terra
Uma grande maioria admira a bíblia. Quem em algum momento da sua vida não se emocionou? Quem nunca recorreu a um salmo em algum momento da sua vida? Muitos homens célebres e notáveis disseram e dizem coisas belíssimas sobre a palavra da vida.


3-Ouvi uma voz...
Mas Paulo descreve uma experiência PESSOAL. De nada iria adiantar ver aquela luz, que não era qualquer luz (mais forte que o sol), de nada iria adiantar cair por terra, pois não é uma coisa fácil derrubar o homem. O sobrenatural, uma cura, ou qualquer coisa deste tipo pode até causar um grande impacto, mas nada disso serve de salvação se o homem não ouvir a voz que Saulo ouviu. Só ele ouviu. Todos tiveram a mesma experiência. Mas só um ouviu a voz. A experiência aqui foi com a Palavra Viva.


CONCLUSÃO
O que Paulo pregava não era que Deus fazia isso ou aquilo, nao era elogios, nao era filosofia, nao era um discurso bonito. Paulo pregava dando um TESTEMUNHO. A pregação desta Obra é através da Palavra revelada, onde o pregador prega a revelação da Palavra, mas de um pregador alcançado pelo Senhor. Paulo pregava a Palavra viva.

Talvez nossa pregação hoje tenha um aspecto oratório diferente daquela época, mas a essência é esta: Quando vc prega, vc testemunha (ainda que indiretamente) do que Jesus fez na sua vida.


Lembre-se também de algo importante: Quanto mais você pregar, mais Deus vai te provar no que você falou. Usando uma figura de linguagem, podemos dizer que a pregação é como um contrato que fazemos com Deus: Tudo que falarmos, estamos nos comprometendo a ser provados no que falarmos.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE