Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

sábado, 15 de abril de 2017

O DÍZIMO - ABRAÃO E MELQUISEDEQUE

O DÍZIMO -  ABRAÃO E MELQUISEDEQUEGênesis 14:18-20


           No texto acima mencionado, encontramos a primeira referência sobre o DÍZIMO, quando Melquisedeque, rei de Salém, “sacerdote do Deus Altíssimo”, saiu ao encontro de Abraão quando este voltava da matança dos reis que levaram cativo seu sobrinho Ló. Melquisedeque foi ao encontro de Abraão levando-lhe “PÃO E VINHO”,  e abençoou-o dizendo:
Versículo 19 – “... bendito seja Abraão do Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra!”



                Nas palavras desta benção podemos reconhecer que o Senhor é aquele que possui (é o dono) dos céus e da terra. Tudo é dele. Através destas palavras Abraão pôde reconhecer a sabedoria do Senhor, pois Ele é o proprietário e nós apenas os mordomos, ou seja, somos depositários de tudo aquilo que Ele nos tem confiado.

Ageu 2:8 – “Minha é a prata, e meu é o ouro, disse o Senhor dos Exércitos”.
Salmo 24:1 – “Do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam”.
Ezequiel 18:4 – “Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha...”

Versículo 20 – “E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos”.

                Vemos nas palavras desta benção, o nome do Senhor glorificado, quando Melquisedeque diz que Deus é bendito e que foi Ele quem entregou os inimigos nas mãos de Abraão. Glória ao nome do Senhor, porque tudo Ele faz por nós.

Versículo 20b – “E DEU-LHE O DÍZIMO DE TUDO”.

            Diante desta narrativa da Palavra do Senhor, observaremos alguns pontos interessantes que nos ajudarão a compreender este ato de e de ADORAÇÃO realizado por Abraão, ou seja: “DAR O DÍZIMO”.

1.1 -  O QUE A PALAVRA NOS DIZ SOBRE ABRAÃO?
     Gênesis 12:1-9 – Que ele havia sido chamado por Deus para uma obra de fé e inteira dependência e confiança no Senhor. Estava vivendo debaixo da PROMESSA.
     Gênesis 15:1 – Que Deus disse-lhe: “... eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão”.
     Gênesis 15:6 – Que ele creu no Senhor e isto lhe foi imputado por justiça.
     Isaías 41:8 – Que ele foi chamado de:
     Tiago 2:23 - “Amigo de Deus”

1.2 – ANALISEMOS O ENCONTRO DE ABRAÃO COM MELQUISEDEQUE

Hebreus 7:1 – “Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo... A quem também Abraão DEU O DÍZIMO DE TUDO, e primeiramente é, por interpretação, rei da justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz; sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre”.

Gênesis 14:18 – “Melquisedeque, rei de Salém, trouxe PÃO E VINHO; e era este sacerdote do Deus Altíssimo”.

1.2.1 – Quem era Melquisedeque?
Era rei da cidade de Salém e SACERDOTE DO DEUS ALTÍSSIMO.

1.2.2 – Qual o significado de seu nome?
Seu nome significa REI DE JUSTIÇA; e por ser rei de Salém (pois Salém significa paz) é também REI DE PAZ.

1.2.3 – Qual a origem de Melquisedeque?
Hebreus 7:3 – “Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre”.

     Abraão aproximou-se do Senhor para adorá-lo através da mediação de um sacerdote, participando de uma benção de completa comunhão, quando ele comeu o PÃO que nos fala do corpo do Senhor Jesus que seria dado por nós; e do VINHO que nos fala do seu precioso sangue que seria derramado para a redenção de toda a humanidade. Aproximou-se por e pela GRAÇA.
     Foi neste ambiente de comunhão e de fé, diante de um sacerdote que é um tipo do Senhor Jesus, através do pão e do vinho, em atitude de completa adoração, DEU ABRAÃO O DÍZIMO DE TUDO estando tão somente debaixo da PROMESSA e não da LEI.
     Vimos pelo que meditamos até aqui que o DÍZIMO NÃO É UMA INSTITUIÇÃO DA LEI, mas é de fato UM ATO DE FÉ E DE GRAÇA. Através do DÍZIMO nós ADORAMOS, HONRAMOS E GLORIFICAMOS o Senhor, reconhecendo-o como Aquele que é o Senhor de tudo e de todos.
     Infelizmente o inimigo engana a muitos que diz “não dou DÍZIMO porque dízimo é LEI, e nós não estamos vivendo pela lei, e sim pela GRAÇA”. Estes são aqueles que, enganados, desconhecem que ABRAÃO ESTAVA VIVENDO TÃO SOMENTE POR FÉ DEBAIXO DA PROMESSA E NÃO DA LEI.

     O apóstolo Paulo escrevendo aos Gálatas 3:17 nos dá a entender que, de fato, a LEI foi dada 430 anos após a PROMESSA.

Mateus 22:29 – “Errais, não conhecendo as Escrituras, NEM O PODER DE DEUS
Hebreus 11:6 – “Ora, sem FÉ é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”.

Gálatas 3:7 – “Sabeis pois que OS QUE SÃO DA FÉ SÃO FILHOS DE ABRAÃO.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE