Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

ORIENTAÇÕES E EXPERIÊNCIAS SOBRE A FESTA PAGÃ NATAL

ORIENTAÇÕES E EXPERIÊNCIAS SOBRE A FESTA PAGÃ NATAL
PROCEDIMENTOS PRÁTICOS QUE DEVEMOS ADOTAR:

Agora que temos nossa mente transformada pelo conhecimento do verdadeiro ensino descrito na Palavra de Deus, quais procedimentos práticos que devemos adotar como Igreja do Senhor, diante da festa natalina?

1-     Lançar fora toda dependência sentimental da data do “sol-invictus” (25 de dezembro).

2-     Instruirmos nossos filhos e a Igreja do Senhor acerca da verdade descrita na Bíblia e a mentira vivida pelo mundo:“conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32), para que estejamos livres de todo enfeite com motivos natalinos, pois sabemos suas origens.


3-     Não ficarmos sujeitos a comidas importadas típicas, pois é um dia como outro qualquer.

4-     Resistirmos quanto aos gastos supérfluos no natal, principalmente se houverem dívidas. Estarmos vigilantes em relação às “ofertas” do papai Noel. Só devemos comprar o necessário, como um dia qualquer, atentando para não presentear as crianças, adolescentes ou jovens como se fosse presente de natal, e sim um simples presente/recordação de fim de ano, por ter sido aprovado na Escola, na Faculdade, no vestibular etc. Mamon, “demônio das riquezas”, criou dependência na mente humana, onde as pessoas têm que estar nas festividades de final de ano em casas novas, roupas novas, com troca de muitos presentes e banquetes etc.


5-     Devemos aproveitar a data para trazer o verdadeiro ensino da Palavra de Deus, como está escrito em Colossenses 4:5: “andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempoou seja, devemos evangelizar sabiamente os que estão fora da comunhão com o Senhor, usando bem cada oportunidade, permanecendo com parentes e amigos em suas casas, falando da necessidade do nascimento de Jesus em cada coração diariamente, pois ter a Jesus Vivo e Sua Salvação em nossas vidas todos os dias é o maior e verdadeiro presente que alguém pode ganhar (Deus nos presenteou com a Vida Eterna ao enviar Seu Filho Unigênito à cruz do calvário para morrer em nosso lugar, nos dando livre acesso ao Pai com Sua ressurreição). É um propício momento evangelístico, quando encontramos pessoas com o coração aberto para ouvir falar de Jesus, precisando aprender o verdadeiro sentido que envolve o natal, a fim de não permanecerem no erro, pois o próprio Senhor Jesus disse: “Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus” (Mateus 22:29).

6-     Devemos usar expressões do tipo “boas festas de fim de ano”, “que Jesus nasça todos os dias no nosso coração (na nossa vida)”! Se alguém lhe cumprimentar com “feliz natal”, responda dizendo “muito obrigado” e conclua com aquela expressão (“boas festas de fim de ano”).

7- Se alguém lhe presentear nesse dia, aceite o presente carinhosamente, até porque devemos ser educados uns com os outros (Paulo disse: “fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus... para ganhar os que estão debaixo da lei” – ou seja, ganhar para o Senhor os que estão debaixo da “escravidão e engano espiritual”). Todavia, não podemos nos envolver com o “espírito natalino”, em virtude de suas origens idólatras.



EXPERIÊNCIAS:

I - Uma adolescente da igreja pediu sua mãe para participar de uma festa natalina na casa dos avós, e sua mãe disse que aquilo não agradaria ao Senhor; a adolescente relutou, porém a mãe orientou então para ela consultar ao Senhor se poderia participar, mesmo sabendo que não é caso de se consultar a Deus, mas disse isso e foi orar no quarto, pedindo ao Senhor para falar com sua filha, então a adolescente consultou ao Senhor e correu até a mãe, chorando, mostrando o texto da Palavra que está em AMÓS 5:21: “Aborreço, desprezo as vossas festas, e as vossas assembléias solenes não me dão nenhum prazer” (a filha teve uma grande experiência na consulta à Palavra e a  mãe glorificou ao Senhor).

II – Um jovem havia se convertido ao Senhor, porém seus pais não aceitavam a sua conversão, e no final do ano reuniu toda a família para comemorar o natal como de costume, e aquele jovem consultou ao Senhor se podia comemorar com eles, mas o Senhor lhe respondeu “Mas disse eu a seus filhos no deserto: não andeis nos estatutos dos seus pais, nem guardeis os seus juízos, nem vos contamineis com os seus ídolos. Eu sou o Senhor vosso Deus; andai nos meus estatutos, e guardai os meus juízos, e executai-os” (Ezequiel 20:18-19). Então aquele jovem pediu ao Senhor para lhe dar uma oportunidade de falar do verdadeiro sentido do natal para todos os seus familiares, e naquele dia um deles pediu para o jovem dizer o que passou a entender acerca do natal, foi quando o jovem ensinou a todos o sentido espiritual para a igreja do Senhor, anunciando o Jesus Vivo que nasce todos os dias nos nossos corações, e todos os seus familiares se quebrantaram e concordaram com tudo o que ele falou da parte do Senhor.

III - Em um culto no lar, no mês de dezembro, duas crianças de 4 e 5 anos (primos) cantaram alguns louvores e, após o culto, um senhor se dirigiu às crianças pedindo: “canta para mim mais uma música”; as crianças disseram que só sabiam cantar louvores, e depois de cantar mais um louvor, aquele senhor fez o seguinte pedido: “agora canta para o tio Geraldo uma música do papai Noel”, então a menina de 5 anos respondeu: “música de papai Noel eu não canto, porque papai Noel é opressão”, e o menino de 4 anos completou: “e você já é velho e não sabe isso?” (aquele senhor aprendeu o verdadeiro sentido do natal através do verdadeiro ensino espiritual que nossas crianças estão tendo...).


Fraternalmente

Grupo
PalavraReveladaOficial
_______________________

          M ARANATA
   O Senhor Jesus vem!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...