Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

sábado, 10 de dezembro de 2016

O TABERNÁCULO ( A IGREJA NESTA ÚLTIMA HORA)

O TABERNÁCULO ( A IGREJA NESTA ÚLTIMA HORA)
 Isaías 4:6 “E haverá um tabernáculo para sombra contra o calor do dia; e para refúgio e esconderijo contra a tempestade e a chuva."



Isaías quando fala que haverá um tabernáculo, profeticamente apontava para igreja fiel dos últimos dias; Deus falou com Moisés, e disse que Ele estabeleceria um meio de comunicação entre Deus e o homem, que foi o Tabernáculo. (Êxodo 25:8 “E me farão um Santuário, e habitarei no meio deles.”). Hoje o nosso Tabernáculo é a casa do Senhor (igreja), onde Deus se revela ao homem através da oração (culto de quinta-feira).

Primeiro ponto:

 O profeta Isaías fala que haverá sombra no tabernáculo;

Sombra: É uma região escura formada pela ausência parcial da luz, proporcionada pela existência de um obstáculo. Uma sombra ocupa todo o espaço.
O salmista também fala da sombra do Onipotente, onde o homem pode descansar. Quando a Palavra se refere ao calor do dia, diz respeito às provas que passamos durante todo o dia até chegarmos à casa do Senhor (igreja); Quando saímos de nossas residências ou moradias, então começam as provações, é o calor do dia, que muitas das vezes, vem para nós desanimar, entristecer, fazendo com que desistamos às vezes até de ir ao culto; não é fácil caminhar no calor do dia, mas na casa do Senhor (igreja) encontramos a sombra, que a presença do Deus Onipotente. Quando a Palavra fala da sombra do Onipotente, essa sombra na verdade é a mão de Deus sobre nossas vidas, que produz essa sobra, e nós sustenta durante o calor do dia.

Segundo ponto:

 Isaías continua falando que no Tabernáculo haverá refúgio e esconderijo contra a tempestade e a chuva.

Refúgio e esconderijo: Nessa última hora só na casa do Senhor (igreja), que encontramos um lugar onde verdadeiramente nos sentimos seguros e protegidos, pois estamos na presença do Deus todo poderoso.

Tempestade: Do latim tempestade significa “tormenta ou agitação” a tempestade é marcada por ventos forte e trovoada. É justamente isto que passamos durante o dia, antes de chegar à casa do Senhor (igreja), são falsas doutrinas, que ouvimos com o objetivo de confundir nossa fé e esperança na volta de Jesus; fatos decorrentes do dia que nos deixam atemorizados, quanta violência, quanta falta de amor ao próximo, são as tempestades.

Chuva: É a água que existe na superfície da Terra (rios, mar, cachoeiras, córregos) evapora com o calor e se acumula acima da gente, formando as nuvens. Evaporar é deixar de ser água e virar vapor. Aí, o que era líquido fica leve e sobe em direção ao céu, que é a casa das nuvens, que retorna a terra em forma de chuva. O mundo produz muitas coisas para tirar o homem da presença de Deus e se desviar do caminho eterno. Às vezes chegamos à casa do Senhor (igreja) com muitas dúvidas, são chuvas de informações, a Bíblia diz que Deus criou ou fez o homem reto, mas ele, o homem, criou para si muitas invenções, são justamente aquilo que o homem estar produzindo nessa última hora para sua vida, tentando suprir a necessidade da alma, tudo isto, para confundir o servo, é as chuvas que o mundo produz.
               
Conclusão

Por tanto, hoje é dia de orarmos ao Senhor, e pedir a Ele que nós proteja, colocando-nos debaixo dessa sombra, que é sua mão poderosa, e sabendo que na casa do Senhor (igreja) é o lugar de refugio e esconderijo, contra a tempestade e chuva que o mundo produz para nos tirar da presença do Senhor; mas hoje é dia de vitória, pois chegamos no tabernáculo do Senhor.




Pr. Sirnandes
Rio Branco/AC

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...