Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

LOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL

LOUVOR, FRUTO DA VIDA ESPIRITUAL
Sl 137:1-6 (vs. 4);... Mas como entoaremos o
cântico do Senhor em terra estranha?

1 - INTRODUÇÃO

· O salmista fala da situação daqueles que foram levados ao cativeiro da Babilônia, após a destruição de Jerusalém;
· Ali estavam desprovidos do templo, portanto do perdão dos pecados, e longe de Jerusalém, sem condições de retornar;
· O profeta Jeremias canta uma lamentação profunda, demonstrando a situação deplorável do povo do Senhor, vendido nas mãos de sues inimigos; e diz que não tinham mais poder sobre suas vidas, nem de seus familiares;
· Ao cabo de tempo, alguns se afeiçoaram à vida da terra estranha, se estabelecendo e se confortando totalmente com a vida babilônica.


2 - O CATIVEIRO

· Aqueles que os tinham levado cativo pediam: cantai-nos um dos cânticos de Sião;
· Com as harpas penduradas nos salgueiros, juntas aos rios de Babilônia, diziam: Mas como entoaremos a cântico do Senhor em terra estranha?
· Os israelitas, no cativeiro, se sentiam impossibilitados de cantar o cântico porque estavam:
  • Longe de Jerusalém: Longe do Senhor;
  • Sem o templo: Sem vida espiritual, sem remissão;
  • Cativos: Debaixo do poder do adversário;
  • Junto aos rios de Babilônia Vivendo a vida mundana (mundo de Babilônia)
  • Harpas penduradas: As condições de ser instrumento do Senhor não existiam.

3 - O LOUVOR AO SENHOR

· Só há louvor ao Senhor, se o vaso que toca e canta, estiver santificado, possuir vida espiritual e estiver integrado com a vontade do Senhor;
· Para se cantar o cântico do Senhor é preciso estar figuradamente em Jerusalém (junto ao Senhor, com vida espiritual); é preciso que o templo esteja construído e que existiam as ministrações (remissão dos pecados); fora disso, não há louvor ao Senhor;
· Junto aos rios de Babilônia (vida mundana) o instrumento que toca ao Senhor está pendurado; ali não sairá louvor a Deus;
· O homem tem um anseio em sua alma pela eternidade; quando houve um louvor revelado (cântico de Sião), que vem da eternidade, ele recebe o beneficio da presença de Deus;

4 - A VIDA ESPIRITUAL

· Aquele que toca e canta, só alcança os louvores do Senhor com vida espiritual;
· Para alcançar vida espiritual é necessário estar integrado com as revelações do Senhor, e vivendo a revelação do Culto Profético em todos os seus atos:
· Busca as revelações para o culto e para sua vida;
· Participa das madrugadas e reuniões (inclusive da que antecede o culto) de seu grupo;
· Participar da assistência;
· Ser usado pelo Senhor, com entendimento, no louvor, como diz I Cor. 14:15: cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.
· Só na revelação poderá entender todos os detalhes do louvor, tais como:
· Os louvores revelados para o culto;
· O louvor que encerra a mensagem:
· Quando o louvor corresponde à revelação da mensagem, a benção cai em lugares certos e o louvor dá o acabamento perfeito à palavra, que fica emoldurada e preservada no coração daquele que ouviu (e para quem o Senhor enviou a mensagem);
· Quais os louvores e os instrumentos que devem ser usados, e de que forma, em cultos especiais, como:
· Culto em casamentos, culto em sepultamentos, culto de ação graças, culto público; culto intimo; culto ao ar livre, culto a convite do interessado; e outros.
· Os grupos e os servos que cantam e tocam devem ter testemunho e ser sensíveis à voz do Senhor;


5- CONCLUSÃO

· O servo cativo ; sem vida espiritual, não tem em seus lábios um louvor ao Senhor;
1. Seu instrumento (ou sua vida) está fora do contexto dos planos do Senhor (harpas penduradas nos salgueiros de Babilônia);
2. Está fora do projeto do Senhor (não está em Jerusalém, figuradamente);
· O louvor é fruto da vida espiritual.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...