Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

Série de Estudos Sobre a 5ª Medida

terça-feira, 16 de agosto de 2016

OLIMPÍADAS IDOLATRIA EXPLÍCITA

OLIMPÍADAS  IDOLATRIA EXPLÍCITA
SOBRE EXERCÍCIOS FÍSICOS
Em 1 Timóteo 4:8 nos informa: “Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser”. Note que este versículo não diz que o exercício não tem valor! Ele diz que o exercício tem algum valor, mas mantém as prioridades corretamente ao dizer que a piedade é de maior valor. O apóstolo Paulo também menciona o treinamento físico ao ilustrar a verdade espiritual.

1 Coríntios 9:24-27: “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar. Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado”. 2 Timóteo 2:5: “Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas.” 2 Timóteo 4:7: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé.”



Então, claramente não há nada de errado no fato de um cristão se exercitar. Na verdade, a Bíblia é clara ao dizer que nós devemos cuidar bem dos nossos corpos (1 Coríntios 6:19-20). Efésios 5:29 nos diz: “Porque ninguém jamais odiou a própria carne; antes, a alimenta e dela cuida...” A Bíblia também nos adverte contra a gula (Deuteronômio 21:20; Provérbios 23:2; 2 Pedro 1:5-7; 2 Timóteo 3:1-9; 2 Coríntios 10:5). Ao mesmo tempo, a Bíblia nos adverte contra a vaidade (1 Samuel 16:7; Provérbios 31:30; 1 Pedro 3:3-4). O que a Bíblia diz sobre a saúde? Seja saudável! Como alcançamos este objetivo? Ao fazermos exercícios não muito pesados e comendo moderadamente. Este é o padrão Bíblico para a saúde e para o exercício físico.

BEM, E AS OLIMPÍADAS?
Quando lemos na bíblia, Israel se curvando a outros deuses, praticando idolatria, somos levados, a um estado de incompreensão. Como entender  um povo cuja história é marcada por vastas manifestações de seu Deus, o Qual não poupou esforços para deixar claro sua soberania diante de tudo e de todos, de modo a fazer compreender ao seu povo, que só Ele é Deus e ninguém mais. E mesmo assim, vira e mexe, Israel estava se prostituindo com outros deuses. E nós, “evangélicos” contemporâneos, dizemos na nossa ingenuidade e soberba;

Bem, os cultos aos deuses pagãos em sua maioria vem disfarçado de cultura, algo muito subliminar, costumes que se arrastam e se perpetuam ao longo dos milênios, e que acabam se tornando parte da rotina de um povo, com a qual se acostuma. Podemos citar como exemplo a festa pagã natalina,  a páscoa, o halloween, festa de são João e tantas outras.

A FESTA OLÍMPICA
A festa olímpica, ao contrário, é muito explícita, em todas as suas representações. O mundo se curva, em um ritual global assustador, o povo da terra vira um. Movidos por um tal espírito olímpico, que faz com que naqueles dias de festa “culto”, credos, raças, etnias, sejam esquecidos, e somente a festa olímpica seja reverenciada. Ou seja os doze deuses do olimpo. É uma festa “culto”, que faz com que grandes e pequenos se curvem a ela. Rainhas, presidentes, chefes de estado, ricos, pobres, negros, brancos, todos se curvam aos deuses do Olimpo.
Os deuses, aos quais se adora nos jogos olímpicos são:
Zeus, Hera, Posídon, Atena, Ares, Deméter,Apolo, Ártemis, Hefesto, Afrodite, Hermes e Dioniso.

VEJAMOS OS RITUAIS OLÍMPICOS E SUAS IMPLICAÇÕES

 





A Chama Olímpica na Antiguidade
Na antiguidade, o fogo era considerado sagrado por muitos povos, incluindo os gregos, que tinham uma lenda segundo a qual o fogo teria sido entregue aos mortais por Prometeu que o roubara de Zeus. Devido à importância do fogo, em muitos templos eram mantidas chamas acesas permanentemente. Este era o caso do templo de Hestia na cidade de Olímpia.
Segundo se sabe, a tradição de manter um fogo aceso durante os Jogos Olímpicos remonta à antiguidade, quando se efetuavam sacrifícios a Zeus. Nessas cerimônias, os sacerdotes acendiam uma tocha e o atleta que vencesse uma corrida até ao local onde se encontravam os sacerdotes teria o privilégio de transportar a tocha para acender o altar do sacrifício. O fogo era então mantido aceso durante os Jogos como homenagem a Zeus.
Portanto os jogos Olímpicos é uma idolatria aos deuses pagãos!








LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...