Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

sexta-feira, 24 de junho de 2016

SACERDÓCIO DO CRENTE

SACERDÓCIO DO CRENTE
INTRODUÇÃO

Efésios  2 : 18 -21

“porque, por ele, ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito. Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos Santos e da família de Deus; edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor",

Importante frisar, inicialmente a missão dos sacerdotes no Antigo Testamento. No Antigo Testamento, a palavra hebraica para sacerdote é “kohen”, cujo significado é o de mediar serviços religiosos, ser o medianeiro entre Deus e o homem. O sacerdote no Antigo Testamento era o mediador entre o homem e Deus, sua missão consistia em trazer o  fiel para perto de Jeová através do sacrificio para purificãção dos pecados e das diversas ofertas de expiação, de louvor, pacíficas e de ação de graças. Era peça fundamental no culto levítico, e nesse culto não havia acesso direto do adorador a Jeová, o acesso era mediado pelo sacerdote arônico.
O sistema de sacerdócio do Antigo Testamento era apenas um tipo do sacerdócio da Nova Alianaça. Havia de chegar o tempo em que todo o povo de Deus seria "sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo" (1 Pedro 2:5). Assim, o sumo sacerdote simbolizava Jesus, como o sumo sacerdote perfeito, sem genealogia, segundo a ordem de Melquisedeque. Esse sumo sacerdote compareceria perante o Senhor, em um templo não feito por mãos humanas, com seu próprio sangue para propiciação pelos nossos pecados (Hb 9.14). Não teria de repetir o sacrifício ou a oblação, pois por uma só vez realizou o perfeito sacrifício (Hb 9.25-28), e derramou seu sangue para redenção de toda a humanidade. E com seu sangue comprou homens de todas as tribos e nações, e os fez reis e sacerdotes do Altíssimo (Ap. 1.5).

SACERDÓCIO UNIVERSAL DO CRENTE

“Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo...Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (I Pedro 2:5-9).

O verso que lemos fala: “Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito”  Efesios. 2: 18.

O grande benefício do encontro do Senhor Jesus com o homem é: acesso direto ao Pai.

Paulo lembra aos irmãos da Igreja que estava em Éfeso de um tempo em que
- viviam distante do Senhor,
- viviam sem Cristo,
- viviam separados da comunhão,
- Eram estranhos aos concertos da promessa,
- Eram sem esperança, e
- Estavam sem Deus no mundo.

Paulo lhes escreve, não simplesmente para falar de um tempo em que viviam sem o Senhor, mais para mostrar a grande benção que estavam vivendo agora, que era o privilegio de, em Cristo Jesus, por seu sangue, estarem perto, ou seja, poderem estar na presença do Pai, em comunhão com o Pai, vivendo as bênçãos do Pai em suas vidas.

Quando Paulo fala do acesso ao Pai, está falando do direito que agora tinham, como crentes em Jesus, de irem diretamente ao Pai, através da intermediação de Jesus, que é o único mediador entre Deus e os homens.

Esse direito de ir diretamente ao Pai, em nome de Jesus é chamado, na doutrina bíblica de: sacerdócio universal do crente.
Portanto esse sacerdócio do crente consiste em ir direto a Deus, tendo como único mediador o Senhor Jesus Cristo.
“Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem,”.
 I Timóteo 2: 5.

“E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos”. Atos 4:12

A expressão bíblica “nenhum outro nome há” confirma que ninguém chegará ao Pai através da interposição de pessoasque se colocam entre Deus e o homem, na condição de abençoadoras, muitas vezes até sob a apresentação de objetos oferecidos ou vendidos, como se fossem recursos capazes de levá-las a Deus.

Mesmo porque, na sua necessidade pessoal de se dirigir a Deus, o homem não precisa de outro homem, porque pode estar longe em uma viagem, ou até na sua ocupação diária, ou quem sabe, até impedido de dar um atendimento naquele momento.

Mas a grande maravilha do sacerdócio do crente é ele ter o direto acesso ao Pai, através do Senhor Jesus, pois o nome do Senhor Jesus é o nome que está à disposição de todos onde quer que estejam.
Esse recurso da graça de Deus está disponível a todo aquele que crê em Jesus e usa esse recurso.
João 3:16 – “...para que todo aquele que nEle crer, não pereça, mas tenha a vida eterna”.

O ÚNICO MEIO DE IR AO PAI

 “(...) a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.
João 15:16b

 “(...) Eu sou o caminho e a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim” .
João 14:6

EXEMPLOS DE ACESSOS AO PAI EM NOME DE JESUS

Foi nesse nome que, quando Pedro estava na prisão, a igreja fazia continua oração por ele a Deus e a oração foi respondida através do envio de um anjo de Deus para livrar Pedro.

Foi também nesse nome que um homem ao lado de Jesus na cruz, teve acesso ao Pai, em nome de Jesus, chamando-o de Senhor.

Vai ser na cruz do Gólgota que quando Jesus rende o seu Espírito ao Pai, ele abre assim os portais eternos da glória profetizados por Davi no Salmo 24, porque o rei da glória estaria entrando ali naquele momento.

REIS E SACERDOTES

Por isso aquele usa desse recurso da graça de Deus, indo ao Pai em nome de Jesus, tornaram-se, por ele, REIS E SACERDOTES.

Apocalipse 1.5b-6: "Àquele que nos ama, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, e nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai...";

- Apocalipse 5:10: “E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra”.
- I Pedro 2 : 9 – 10 – “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós que, em outro tempo, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia”.

SUMO SACERDOTE: a linhagem sacerdotal do VT que vinha da tribo de Levi. Linhagem sacerdotal do Senhor Jesus, do seu sacerdócio eterno, segunda a ordem de Melquisedeque.


CONCLUSÃO

Que coisa maravilhosa, que alegria podermos viver esta experiência na presença do Senhor. Que entendimento glorioso que o Senhor nos tem concedido.

Se você tem dúvida a cerca disso, se você ainda não teve esta experiência, o Senhor quer te dar. Quer que você saia daqui hoje, sabendo que o nome do Senhor Jesus está à disposição de todos, está a sua disposição para que você receba uma benção do Pai.

 Jesus é o mediador entre Deus e os homens porque Ele trouxe Deus até os homens, o Espírito Santo, e fez do homem templo do Espírito Santo, e é Ele quem batiza com o Espírito Santo. O privilégio é que agora, pelo novo e vivo caminho que Ele nos consagrou, temos livre acesso ao Pai, ao Santo dos santos. Você pode ir até Ele, Jeová, o Nosso Eterno Deus, o Grande Eu Sou, o Altíssimo, Aquele que tudo tem em suas mãos. Você não precisa de um intermediário, você vai diretamente. E se pecarmos temos um advogado fiel, assentado à destra do Pai, que intercede por nós, temos em nós o Espírito de Jesus que intercede por nós com gemidos inexprimíveis. Por isso, a regra é ir até ao Pai, diretamente, em nome do Filho, o Sumo Sacerdote, pedir diretamente, com a promessa de que nossas orações serão ouvidas. E não só, com a certeza de que a comunhão e a presença do Pai e da Glória de Deus pertence agora a uma casta de pessoas muito especiais: Aqueles que aceitaram Jesus como único e suficiente Salvador, aqueles que não adoram mais em lugares específicos, mas em Espírito e Verdade.

Textos para referencia:
I Cor 3 : 11 – “Porque ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo”.

Mat. 16 : 13 – 16 – “E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem? E eles disseram: Uns, João Batista; outros, Elias, e outros, Jeremias ou um dos profetas. Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”.

Hebreus 10:19-23 – “Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santuário, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa, retenhamos firmes a confissão da nossa esperança, porque fiel é o que prometeu”.


Fonte: Aulas de seminários - MAANAIM

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...