Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

TROMBETAS


TROMBETAS
Apoc. 8:7-13
1º Trombeta: Terça parte das matas do verde foram queimadas.
                                               já tocou ! ! !

2º Trombeta: Terça parte dos seres vivos dos oceanos desapareceu (mar sem vida).
                                               já tocou ! ! !

3º Trombeta: Terça parte dos rios destruídos, contaminados e desaparecendo.
                                               já tocou ! ! !

Trombeta: Terça parte do sol, lua, estrela...
                                               Não tocou ! ! !


                                   Comparar Mateus 24:29 com Apoc. 8:7-13

OBS: Quando tocar a 4º Trombeta, será a ultima para a Igreja (Cor 15:22) Ela será arrebatada conforme descrito por Jesus em Mat. 24:29-30. Ficaram mas três Trombetas que a Igreja não verá Apoc 8:13, pois será para os que ficaram, para grande tribulação. A noiva estará com o noivo lá na Eternidade .

                                                           Aleluia!!!

Quem vai ouvir o toque da ultima trombeta?
quem esta preparado ?

Tempo e duração das festas para os ISRAELITAS

LEVITICO 23 :01

1º PÁSCOA: No primeiro mês do ano, ao quarto dia, iniciava-se a páscoa do senhor pela tarde.

2º ASMOS: No primeiro mês do ano, ao décimo quinto dia, era o segundo dia da Páscoa. Se dava inicio ao sete dias em que o povo de ISRAEL comiam os asmos.

3º PRIMICIAS: Tinha inicio quando ISRAEL colhia o primeiro molho da sega. Era contado sete semanas inteiras .

4º PENTECOSTES: Era no qüinquagésimo dia (50 dias) após o inicio da colheita, se dava a festa de 5º 5º PENTECOSTES, e durava sete dias.

5ºEXPIACÃO: Ao décimo dia do mês sétimo, era o dia da expiação. No dia anterior havia um jejum de 24 horas em todo o ISRAEL (um dia em que o povo não se agravava por causa do jejum).
6ºTABERNÄCULO: Ao décimo quinto dia mês sétimo, era iniciada a festa dos tabernáculos e dava sete dias quando o povo habitava em tendas feitas de ramos de salgueiro, murtas e palmas.
            Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis, e sempre abundantes na obra do senhor. Sabendo que, no senhor, o vosso trabalho não é vão                        I cor. 15:58

PROCESSO DE FABRICACÃO DA TROMBETA

A Trombeta é usadA para um aviso
1º -Morte do cordeiro para tirar o chifre (Jesus morre para que o homem tenha vida .

2º -Limpar o chifre por dentro e por fora para retirar o cheiro da morte (o homem é limpo exteriormente e é limpo também por fora ----jer. 15:19

3º -Levar ao fogo para retirar a forma original e dar nova forma, uma forma definida (II cor 5:17)
                        -chifre no fogo => nova forma de vida
                        -Vida em CRISTO => nova criatura

4º -Um SACERDOTE fazia um furo para passar o sopro .( o coração do homem agora é aberto para passar o sopro do esp. santo de DEUS .


APOCALIPSE 8:
1 Quando abriu o sétimo selo, fez-se silêncio no céu, quase por meia hora.
2 E vi os sete anjos que estavam em pé diante de Deus, e lhes foram dadas sete trombetas.
3 Veio outro anjo, e pôs-se junto ao altar, tendo um incensário de ouro; e foi-lhe dado muito incenso, para que o oferecesse com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro que está diante do trono.
4 E da mão do anjo subiu diante de Deus a fumaça do incenso com as orações dos santos.
5 Depois o anjo tomou o incensário, encheu-o do fogo do altar e o lançou sobre a terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e terremoto.
6 Então os sete anjos que tinham as sete trombetas prepararam-se para tocar.
7 O primeiro anjo tocou a sua trombeta, e houve saraiva e fogo misturado com sangue, que foram lançados na terra; e foi queimada a terça parte da terra, a terça parte das árvores, e toda a erva verde.
8 O segundo anjo tocou a sua trombeta, e foi lançado no mar como que um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a terça parte do mar.
9 E morreu a terça parte das criaturas viventes que havia no mar, e foi destruída a terça parte dos navios.
10 O terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela, ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas.
11 O nome da estrela era Absinto; e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas.
12 O quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhante, e semelhantemente a da noite.
13 E olhei, e ouvi uma águia que, voando pelo meio do céu, dizia com grande voz: Ai, ai, ai dos que habitam sobre a terra, por causa dos outros toques de trombeta dos três anjos que ainda vão tocar.

Leu? Conseguiu entender alguma coisa?

Aqui vai o nosso comentário, sob a luz do Espírito Santo, ou seja, a Revelação do Senhor, sobre este assunto tão difícil de ser entendido. Vamos em partes, para que possamos discernir o que Deus nos quis mostrar nestes versículos do Apocalipse.

Primeiro, vamos abordar os acontecimentos dos dias atuais para que você perceba como a Bíblia, escrita a milhares de anos, já previa profeticamente, com riquezas de detalhes, tudo o que vivemos hoje:

A ciência tem colecionado dados sobre o envelhecimento da Terra, materializados nos problemas ecológicos. Este assunto tão importante mereceu uma reunião mundial chamada ECO-92, ocorrida no ano de 1992, no Rio de Janeiro, quando mostrou a preocupação do mundo com a ecologia ou com seu ecossistema, que está passando por efeitos danosos à saúde do planeta e de seus habitantes. É desnecessário dizer isso, pois vocês conhecem este assunto com bastante profundidade.

Nessa reunião, um grupo de representatividade mundial, apresentou os problemas ecológicos, onde logo de início se observaram informações de impacto para quem acompanha as profecias bíblicas:

a.     Disseram: Aqui estão reunidos os representantes da Terra;
b.    Enquanto o Presidente dos EUA, George Bush (Pai), nos seus 6 minutos e 50 segundos proferia seu discurso, 1.260 pessoas nasciam no mundo e uma área do tamanho do Rio-Centro ficava imprópria para o plantio;
c.     Jacques Cousteau, o renomado cientista, conhecedor dos oceanos e das partes selvagens do planeta, não falou da pesca indiscriminada do atum nem do Bôto cor-de-rosa do Amazonas, mas disse que não há neste mundo um ADMNISTRADOR capaz de gerenciar um planeta que cresce nas grandes proporções de uma China a cada 10 anos.

Vejam agora algumas das conclusões a que chegaram os representantes na Eco-92, com base em pesquisa do ecossistema mundial:

a)     O grande desmatamento do Planeta e a queima de florestas, causando enormes danos, que se estendem à visível alteração climática, além da extinção de espécimes animais e vegetais, na proporção de 80 espécimes diários.
b)    O efeito estufa – superaquecimento global provocado pelo acúmulo de gás carbônico no ar;
c)     Contaminação das águas e redução dos seus volumes;
d)    A destruição da camada de ozônio, que protege a Terra e seus habitantes dos raios ultravioletas, que provocam danos à agricultura e doenças graves aos homens como o melanoma – o mais agressivo câncer de pele, e perda de visão por catarata;
e)     Agressão aos mares, testemunhado pelas pesquisas do Cientista Jacques Cousteau, informando que 40% das espécies do mar haviam morrido, com as seguintes outras informações:

·         70% dos mares são como os desertos da terra;
·         os restantes estão sendo agredidos pela pesca indiscriminada provocando extinção de espécimes; além de lançamentos indevidos nos mesmos de matéria agressiva, como óleos, dejetos industriais e sanitários;
·         as proporções ecológicas são de extremo equilíbrio, com por exemplo: para se ter um quilo de atum são necessárias 10 toneladas de plâncton, que é o micro organismo do qual o primeiro se alimenta.

Essas informações foram produzidas pelos representantes da ecologia mundial, que são problemas importantes de grande repercussão na saúde do planeta, preconizando medidas para sua contenção.

Além dos problemas ecológicos há outros problemas globais por que o mundo passa (objeto dos sinais dos tempos profetizados), a ponto de haver um clamor mundial por um Organismo Internacional que responda pelos assuntos comuns a todo o planeta.

O mundo já pede um Líder que promova essa organização do todo.

Estes são os problemas do mundo.

Depois de sabermos disso tudo, podemos, então, começar a falar sobre o TOQUE DAS TROMBETAS, mencionado no livro do Apocalipse.

Enquanto o mundo tenta resolver seus problemas, há um povo que, além de estar bem informado sobre todas essas coisas, tem conhecimento das profecias que falam do juízo de Deus sobre a Terra, da salvação e do cuidado com o seu povo.

Mas, que juízos são esses?

Dentre os vários juízos, podemos considerar os mais relevantes àqueles que dizem respeito mais diretamente ao destino da Igreja Fiel – o arrebatamento, concretizados no toque das trombetas, uma vez que o Apóstolo Paulo na Carta aos Coríntios diz:

I Cor. 15:51 – “... num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará...”

Como você já leu acima, o toque das trombetas está inserido no Capítulo 8 do Livro do Apocalipse, descrito pelo Apóstolo João que foi arrebatado ao céu no dia do Senhor, sendo-lhe orientado que deveria escrever o que viu – os fatos que ocorreriam antes da Vinda do Senhor Jesus, e notificar à Igreja.

Nessa ocasião, João estava no céu, diante do trono de Deus, vendo que 7 anjos se preparavam para tocar 7 trombetas. Veja que o número 7, na Bíblia, fala da Obra de Deus, da Sua plenitude, da perfeição divina. Repare que tudo que faz parte da Obra Creacionista tem o número 7 (7 dias da semana, 7 continentes, 7 mares, 7 notas musicais, 7 cores do arco-íris etc.).

A trombeta representa um aviso da parte de Deus, quanto ao acontecimento de algo emergente. No Velho Testamento ocorria o anúncio de fatos importantes no toque das trombetas. Exemplo (Levítico 10):

a)     As trombetas eram tocadas para congregar a congregação – chamado de Deus;
b)    Quando saíam os exércitos de Israel a pelejar contra os inimigos, as trombetas eram tocadas retinindo;
c)     No dia das solenidades e nos princípios dos meses eram tocadas as trombetas;
d)    Quando se tocavam as trombetas, era também um aviso veemente de algo importante, constituindo um juízo, sob profecia:

Jeremias 4:5: “... fazei ouvir em Jerusalém, e dizei: Tocai a trombeta na terra! Gritai em alta voz, dizendo: ajuntai-vos, e entremos nas cidades fortes.”

Ezequiel 33:5: “...Ele ouviu o som da trombeta, e não se deu por avisado; o seu sangue será sobre ele. Mas o que se dá por avisado salvará a sua vida.”

AS CIRCUNSTÂNCIAS EM QUE SE ENCONTRAVA JOÃO NO MOMENTO DA VISÃO:


João encontrava-se junto ao trono de Deus e ouviu a narração das coisas que se passavam:

a)     Outro anjo pôs muito incenso no incensário de ouro, e a fumaça subiu até diante de Deus;
b)    O anjo tomou o incensário de ouro, encheu do fogo do altar, e o lançou sobre a terra; e houve depois vozes, e trovões e relâmpagos, e terremotos.

O incensário (ou altar do incenso) representa literalmente as orações dos servos, que clamam ao Senhor pelas suas aflições, perseguições e prejuízos de toda a sorte, por causa do reino de Deus. Como a fumaça do altar, as orações sobem à presença de Deus, que toma ciência das suas necessidades.

Em seguida, no tempo de Deus, vem a ordem e Ele manda a resposta que veio com elementos do incensário de ouro (fogo do altar = resposta às súplicas e salvação) e lança sobre a terra.

A resposta vem sob a forma de juízo sobre o mundo, com repreensão e sinais da parte de Deus (vozes, e trovões e relâmpagos e terremotos), que vão se materializar no toque das trombetas.

Vamos ver agora o toque de cada trombeta, descrito por João, há dois mil anos:

A PRIMEIRA TROMBETA


v.7 - E o primeiro anjo tocou a sua trombeta, e houve saraiva, e fogo misturado com sangue, e foram lançados na terra, que foi queimada na sua Terça parte: queimou-se a Terça parte das árvores, e toda a erva verde foi queimada.

Trata-se do desmatamento e da queima das florestas, já mencionado na introdução.

O mundo conhece os problemas ecológicos da terra, a Igreja conhece a história e a profecia: quando compara as duas coisas, discerne o sinal da parte de Deus, e “ouve o toque da trombeta”.

Esta trombeta tocou!

A SEGUNDA TROMBETA


v.8 - E o segundo anjo tocou a trombeta: e foi lançada no mar uma coisa como um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a Terça parte do mar.
v.9 - E morreu a Terça parte das criaturas que tinha vida no mar: e perdeu-se a terça parte das naus.

Jacques Cousteau, mediante pesquisas em seu navio científico denominado Calipso, na década de 70, informou ao mundo que 40% da vida no mar havia morrido.

Cremos nos 33% narrados pela Bíblia, até porque as pesquisas têm um grande grau de imprecisão.

Não sabemos quantas naus se perderam, mas sabemos que estamos dentro de um processo que não se interrompe, ou seja, há fatos ainda por acontecer.

Por outro lado os fatos são acumulativos, ou seja: ao tocar a segunda trombeta os efeitos da primeira continuam operando; ao tocar da terceira trombeta e dando início aos seus efeitos, continuam os efeitos da primeira e da segunda, e assim por diante.

Esta trombeta tocou!

 

A TERCEIRA TROMBETA


v.10 - E o terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela, ardendo com uma tocha, e caiu sobre a Terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas.
v.11 - E o nome da estrela era Absinto, e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas.

Entendemos tratar-se da contaminação das águas. Na nossa linguagem poderíamos ler que a água como se encontra na natureza, ficou imprópria para ser bebida.

Considere-se que cada cidade possui hoje uma Estação de Tratamento de Água, uma vez que a água natural está contaminada pelo lançamento nos cursos d’água de dejetos industriais e sanitários, de agrotóxicos que são carreados pelas chuvas, de lançamento de mercúrio pelos garimpeiros e outros fatores.

Outro fator a ser mencionado é que a grande redução dos volumes dos cursos d’água concentram muito mais as impurezas, agravando a contaminação.

Esta trombeta tocou!

A QUARTA TROMBETA


v.12 - E o quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a Terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas: para que a Terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e semelhantemente a noite.

Este fato ainda não aconteceu. Esta trombeta não tocou!

Entretanto, sabemos que o choque ocorrido recentemente entre um cometa, que se dividiu em seis partes, e o planeta Júpiter, provocou uma série de explosões equivalentes a milhares de bombas atômicas detonadas simultaneamente e que, este acontecimento, produziu uma poeira cósmica que caminha em direção ao sol, quando, em breve, diminuirá a incidência da luz solar sobre a terra; conseqüentemente, a lua também diminuirá seu brilho, pois, como você sabe, ela reflete a luz do sol.

Outro fato que deve ser mencionado aqui, é que os cientistas acreditam que pode, a qualquer momento, ser descoberto um corpo celeste vindo em direção a terra e provocar a mesma catástrofe ocorrida na pré-história, quando os dinossauros foram extintos. O choque pode levantar uma camada de fumaça (e outros componentes) tão espessa que cobrirá a terra e impedirá a entrada da luz do sol. Entretanto, isto é pura especulação e não se tem nada de concreto a este respeito.

De concreto mesmo, sabe-se que, nas grandes cidades, já não se vê a luz do sol devido à poluição do ar pela emissão de gases poluentes dos automóveis e chaminés das indústrias.

Nós discernimos esse momento como a última trombeta a que o Apóstolo Paulo se refere, ao arrebatamento da Igreja, ou seja, ao tocar da 4ª trombeta.

São 7 trombetas: Até a 4ª, a Igreja está presente no mundo. É o que diz a Bíblia. Em seguida, o Senhor vai arrebatar a Igreja para que ela não passe pelos juízos das demais trombetas, que se referem à Grande Tribulação.

Nesse sentido, corroboram alguns textos. Após o verso 12 em que João fala da Quarta trombeta, no imediato verso 13, descreve o que virá após o seu toque:

v.13 - E olhei, e ouvi um anjo voar pelo meio do céu, dizendo com grande voz: Ai! ai! dos que habitam sobre a terra! Por causa das outras vozes das trombetas dos três anjos que hão de ainda tocar (grande tribulação).

Se você procurar na Bíblia, no livro de Mateus, capítulo 24, vai ver que o Senhor Jesus, junto aos discípulos, disse, ao proferir o sermão profético:

“E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.

Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem: e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu com poder e grande glória.

E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro cantos, de uma à outra extremidade dos céus.”

CONCLUSÃO


O mundo, de maneira geral, está alheio a esses acontecimentos porque não lê a Bíblia, não conhece a verdade, não tem buscado a Deus. O entendimento das profecias só se alcança com a benção do Senhor, com a ajuda do Espírito Santo. A quarta trombeta, momento em que Jesus virá buscar a sua Igreja Fiel, está preste a ser tocada. Portanto, prepara-te!


Como dissemos anteriormente, é momento de se buscar a Deus, é momento de se integrar à Obra do Senhor.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE