Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

SALMOS 103:10-12

SALMOS 103:10-12
“Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui segundo as nossas iniqüidades. 11. Pois quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua benignidade para com os que o temem. 12. Quanto o oriente está longe do ocidente, é quanto tem ele afastado de nós as nossas transgressões.

 Hamartias/hamartáno PECADO = "errar o alvo"

Transgredir/transgressão = "ultrapassar, violar a Lei, o limite"



Iniqüidade = "contrário a Justiça" (Paulo adverte da iniqüidade que temos no coração)
Deus teria todo direito, todos os motivos para nos tratar segundo essas nossas "abominações de caráter e natureza".

Mas o efeito do sangue do seu filho, vertido naquela rude cruz está sobre "os que o temem"

O resultados?
O sangue de Jesus nos purifica de todo pecado! 1 João 1,17 B
Os limites da benignidade no textos, apontam para eternidade!
...De eternidade a eternidade, tu és Deus....
E seus atributos o acompanham! Perdão, amor, benignidade, etc... São eternos.

Júnior- Amapá

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...