Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

domingo, 17 de janeiro de 2016

CAVANDO E DESENTULHANDO POÇOS

Introdução.

"E tornou Isaque a abrir os poços que se cavaram nos dias de Abraão, seu pai (porque os filisteus os haviam entulhado depois da morte de Abraão), e lhes deu os mesmos nomes que já seu pai lhes havia posto."
Gênesis 26: 18.
Isaque se pôs ao trabalho  desentulhar os poços e tomar posse deles.
Desenvolvimento.

O que será que entulha nossa vida impedindo a água de agir e fluir? Respondo: Pouca oração e meditação da Palavra, ouvir e ver coisas que nos contaminam, não discernir o santo do profano, etc. Todas estas coisas entulham nossos poços. (Coração). Como desentulhar? 
Limpar o caminho das águas. Abrir novamente os caminhos da fonte. Isso é restabelecer a comunhão com Deus.


"Cavaram os servos de Isaque no vale e acharam um poço de água nascente."
Gênesis 26: 19.
Cavaram um poço novo e encontraram um tesouro. Todos os outros poços eram comuns. Ou seja cavava-se e esperava-se a água juntar devagar no fundo do poço. Mas esse poço novo era um poço de água nascente. Ou seja, o manancial de água estava preso sob o solo rochoso, quando eles cavaram furando a pedra a água começou a jorrar rapidamente. Então nós temos os poços antigos para desentulhar e os poços novos para cavar.
"Assim diz o Senhor: Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos."
Jeremias 6: 16.
As veredas antigas são os poços de Abraão. O fundamento da fé e da obediência total a Deus. São veredas antigas que jamais podemos deixar de andar por elas.
"Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne,"
Hebreus 10: 19-20.
O novo e vivo caminho é poço novo de água nascente. De águas vivas, de águas que fluem. Entrar no Santo dos Santos, nas presença de Deus, ter contato com a Glória de Deus. Entrar com confiança é beber dessa fonte de poder.
"Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva."
João 7: 38.
A presença de Deus tem que ser sentida, tem que estar presente e viva em nosso interior. Quando o povo que saiu do Egito peregrinava no deserto. Deus os sustentou de várias formas. 
"Dali partiram para Beer; este é o poço do qual disse o Senhor a Moisés: Ajunta o povo, e lhe darei água.  Então, cantou Israel este cântico:  Brota, ó poço! Entoai-lhe cânticos!  Poço que os príncipes cavaram,  que os nobres do povo abriram,  com o cetro, com os seus bordões.  Do deserto, partiram para Matana."
Números 21: 16-18.
Nobres – servos voluntários / generosos / cujo coração é inclinado a realizar a obra dispostos. Abriram o poço com cetro e com bordão. Cetro – A graça  de Deus. Bordão – a direção do Espírito Santo. Deus mandou abrir o poço exatamente num lugar determinado. O segredo é a fé crer Porque muitos abriam poços, mas não davam água. Ou dava água amarga, água com salitre, ou betume. Todos os poços que Isaque cavava tingam água. Precisamos cavar poços . Nesta terra aonde estamos só há  a sequidão.
"Mas os pastores de Gerar contenderam com os pastores de Isaque, dizendo: Esta água é nossa. Por isso, chamou o poço de Eseque, porque contenderam com ele."
Gênesis 26: 20.
Levantaram uma contenda, uma discussão. Mas Isaque não ficou discutindo. Isaque deixou imediatamente o poço dos problemas e cavou outro.
"Então, cavaram outro poço e também por causa desse contenderam. Por isso, recebeu o nome de Sitna."
Gênesis 26: 21.
Contenderam novamente, e agora de uma forma mais grave.  A palavra sitna – que significa inimizade e acusação é oriunda da palavra satan. O objetivo de satanás é agravar as situações por meio de uma contenda, uma discussão e transformar isso numa ferrenha inimizade.
"Partindo dali, cavou ainda outro poço; e, como por esse não contenderam, chamou-lhe Reobote e disse: Porque
[17/1/2016, 17:13] +55 11 98404-0114: ZAQUEU - Lucas 19:1-6
Dois são os projetos : de Jesus e do Homem. Neste texto entendemos o projeto que normalmente é feito pelo homem para conhecer JESUS, na figura de Zaqueu.

As atitudes de Zaqueu com intuito de ver Jesus são muito comuns:

Primeiramente Zaqueu procurou  uma multidão.  Multidão, esta que na qual Zaqueu achava que poderia lhe revelar Jesus.  Pois esta multidão sempre acompanhava Jesus afim de lhe extrair algum benefício.

Essa multidão se dizia detentora de Jesus, ou seja, Jesus está conosco!

Mas, ao contrário do que Zaqueu imaginava, esta mesma multidão se lhe apresentou como uma dificuldade. Ela impedia que  ele pudesse ver  e conhecer a Jesus.

O fato é que a multidão é uma referência para quem quer conhecer Jesus. Então o buscam apenas como um Jesus tradicional, folclórico, histórico, ou seja, apenas o seu nome. São os movimentos religiosos, animações, grupos etc...

Foi exatamente isso que Zaqueu tentou fazer, procurar uma multidão, pois na multidão achava que encontraria Jesus. Pois onde estava Jesus uma multidão estava atrás em busca de uma benção.

Mas quando o homem quer conhecer Jesus mais na intimidade, ter maior contato com Ele, experimentá-lo, a multidão não lhe dá acesso.

Só ensina um Jesus de nome, de igreja ou de grupos religiosos.

Seu plano então lhe frustrou. A multidão foi um empecilho ao invés de coadjutora, apesar de pregar que Jesus estava no meio dela.

Zaqueu então parte para uma segunda alternativa, e fez o que muitos também fazem. Partiu para o isolamento.

E Zaqueu subiu numa figueira brava. Árvore cheia de galhos entrelaçados e até espinhos, difícil de se subir, mas Zaqueu queria é ficar oculto e isolado.

Ele sabia que dali poderia ver a Jesus, pois haveria de passar por ali. Era plano de Jesus passar naquele local.

Aconteceria que quando Jesus passasse , ele o veria, depois iria embora para casa, e se alguém lhe perguntasse:___"Zaqueu, você viu Jesus? Ele diria: __ Vi.  ___E como era ele? E o que ele fez?___Bem  parecia ser um homem bom, que alegrava as pessoas e curava outros etc...

E o que Ele te fez? Que experiência teve com ele?__Nenhuma. Zaqueu não poderia dizer nada sobre s/ própria experiência c/ Jesus.

Assim acontece com que quer conhecer Jesus assim. No isolamento ou na multidão. se decepciona pois seu conceito isolado lhe revela que não conhece nada de Jesus. 

Mas Jesus não se importou com a maneira que Zaqueu queria lhe conhecer. Olhando para Ele de cima para baixo. Um Jesus morto, um Jesus que não ouve sua oração, distante, que não liga para ele. 

O projeto de Jesus em passar ali não era sem razão. Ao passar por ali, parou, olhou para cima, olhou para Zaqueu. Assim como você veio aqui hoje.

Deus não está preocupado com a maneira que as pessoas pensam a seu respeito. Um Deus inferior, sujeito a manipulações. Não está preocupado com o conceito errado que têm dele.

A sua preocupação é de se revelar ao homem. As pessoas podem até agir de diversas formas para lhe conhecer e até achar que não existe. 

Mas Zaqueu se maravilhou com o que aconteceu. Não vai chegar em casa e dizer que não conhece bem a Jesus.

Não se tratava de um Jesus que somente passava por ali, mas um Jesus que olhou para ele, olhou para ele de forma diferente, maravilhosa. E ainda lhe chamou pelo nome.          ZAQUEU, DESCE DEPRESSA

Jesus tinha pressa em lhe salvar. __"Hoje me convém pousar em tua casa". Não deixe para amanhã.

Enquanto as pessoas tem um projeto de ter um Jesus denominacional, Jesus não. O seu projeto é de se revelar como o SALVADOR.
Quer entrar em sua casa e fazer morada.  Hoje me convém pousar em tua casa
Convém, porque faz parte de seu projeto, entrar na sua vida, no seu coração,
fazer morada e lhe dar certeza de uma VIDA ETERNA.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...