Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O PODER DO SANGUE: ALGO QUE VOCÊ PRECISA SABER!

O PODER DO SANGUE: ALGO QUE VOCÊ PRECISA SABER!
Por Marco Elias

O clamor pelo sangue de Jesus é uma doutrina inventada pela Igreja Cristã Maranata?

Estimado irmão a resposta é um retumbante NÃO !!!

Deus sempre guiou e guiará os seus servos no caminho que lhe apraz, sem interferências humanas. Deus é soberano.

Em todas as congregações de crentes fiéis (independente de placa denominacional) nunca faltou da parte de Deus uma resposta aos anseios da alma. As repostas recebidas foram configurando a doutrina cristã ao longo da história. Assim temos louvores maravilhosos nos hinários das diversas denominações e também sermões extraordinários que viraram livros.  Os hinos e os sermões nos contam estas experiências, as quais são frutos da vida real de pessoas que viveram diante do altar de Deus.



Existem louvores clássicos dentro da história da igreja evangélica que mencionam o ato, a busca do cristão, exaltando e tomando sobre si a ação viva e notável do sangue de Jesus. Tais louvores expressam a consciência de um ato profético.

A igreja evangélica brasileira conhece muito bem o louvor clássico “Alvo Mais Que a Neve” da Harpa Cristã, outros o conhecem através do Cantor Cristão. Vejamos alguns trechos do louvor:

“Bendito seja o cordeiro que na Cruz por nós padeceu,
Bendito Seja o seu sangue que por nós ali ele verteu...
Alvo mais que a neve....
Se nós a ti confessarmos e seguirmos na tua luz,
Tu não somente perdoas, purificas também oh Jesus! ....”

Amamos este louvor, tanto que o mesmo faz parte da coletânea de louvores da ICM. O louvor enaltece o poder do sangue de Cristo e a ação dele sobre os fiéis.

Existem muitos louvores deste tipo, que enaltecem o poder do sangue de Cristo: “O teu pecado tu queres deixar” do Cantor Cristão e outros inumeráveis hinos de domínio público, os quais foram compostos em tempos de dura perseguição à igreja (e não é mera coincidência).

Algum cristão sincero poderia afirmar que tais louvores estão errados, ou arrancaria as páginas do Cantor Cristão ou da Harpa Cristã?
Quando os cantamos estamos rezando? Estamos fazendo algo repetitivo ou estamos proclamando os atos de justiça do Senhor?

Eu particularmente amo a Harpa e o Cantor Cristão. O primeiro louvor que eu aprendi a cantar foi lendo o Cantor Cristão em 1987 (eu era criança) e participava da escola dominical da Igreja Pentecostal do Brasil em Lagoa Santa - MG.

Dizer que o clamor pelo sangue de Jesus, conforme praticado pelos membros da Igreja Cristã Maranata é uma heresia, soa para mim como falta de temor a Deus e mais que isto, tais palavras não podem ter saído da boca de alguém que ama a Cristo!

Existem algumas biografias e sermões da história do cristianismo que denotam que Deus sempre encaminhou os seus fiéis aos tesouros escondidos da sua palavra e a ação viva do sangue de Cristo é um dos temas abordados. Vejamos:

D. L. Moody é um dos 20 homens de Deus descritos no livro “Heróis da Fé” da CPAD, escrito por Orlando Boyer. Vejamos um sermão do próprio Moody e a sua sinopse sobre a ação continua do sangue de Cristo na vida do fiel:


O livro O Sangue (D. L. Moody) do Projeto Spurgeon trata sobre a salvação através do sangue. Foi lançado recentemente em formato digital.






SINOPSE DO LIVRO/SERMÃO "O SANGUE - MOODY (1837-1899)

“Toda pessoa deveria poder dar a razão da esperança que existe nela; e não creio que exista homem algum que possa dar razão de sua esperança mais além da tumba e que seja estranho ao sangue de Cristo. Existem os que me dizem que eu apresento o plano de salvação demasiadamente fácil, e que é uma loucura dizer aos homens que eles podem ser salvos simplesmente confiando em Seu sangue expiatório. Não quero que ninguém creia no que eu digo, mas sim no que está em conformidade com as Escrituras; e a melhor maneira de aclarar isso é abrir a Bíblia e observar o que ela diz.”  D. L. Moody.

No tempo de D.L Mody (século XIX) a Igreja Cristã Maranata não existia (inicio em 1968), mas aquele homem de Deus demonstra que conhecia e vivia claramente, debaixo do poder do sangue de Cristo. Ele conhecia as ações do sangue em sua vida e na vida da sua igreja. Todas as denominações evangélicas tanto as tradicionais, como as pentecostais consideram que Moody foi, além de um grande homem de fé, um pastor exemplar e autêntico servo de Deus do século XIX.


SINOPSE DO LIVRO - “O PODER DO SANGUE” MAXWELL WHITE - 1973

“Deus nos deu o dom da vida, e quando Ele mandou Seu Filho Jesus Cristo, que por amor a nós, derramou Seu Sangue na cruz do Calvário, Ele nos deu a maior arma que uma pessoa pode ter para se defender de todo mal e obter uma vida de vitórias. Muita coisa pode mudar na vida de uma pessoa quando ela passa a conhecer o verdadeiro Poder do Sangue de Jesus e como usá-lo. Através da leitura deste livro você aprenderá: Como obter o livramento através do Sangue de Jesus Como clamar pelo Sangue de Jesus Como aplicar o Sangue de Jesus na sua vida Como receber a cobertura do Sangue de Jesus Como obter a proteção de todo mal através do Sangue de Jesus”.

A Maranata organizou-se como igreja em 1968, o livro escrito em 1973relata algumas experiências com o clamor pelo sangue de Jesus nas ilhas britânicas, por volta do ano de 1907.

Desta forma aprendemos que o Espírito Santo nunca esteve sujeito às limitações humanas. A obra que Deus faz nunca esteve presa a quatro paredes. Deus opera onde os homens dão lugar à atuação do Espírito dele e ELE nunca respeitou as regras e os LIMITES teológicos estabelecidos por critérios humanos!

Alguém poderá dizer... A Igreja Maranata copiou DELES ...

Definitivamente, Não!

A inspiração contida nos louvores citados acima, vem do mesmo Espírito Santo que está agindo nos corações dos pregadores de Cristo no decorrer dos séculos, e aqueles que tem a vida no altar alcançam fielmente os mistérios de Deus. Assim cumpre-se o que discípulo amado (JOÃO) disse:

“E vós tendes a unção do Santo e sabeis tudo. E a unção que vósrecebestes dele fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis” - I João 2.20,27.






A mesma benção de Cristo certamente estava agindo em outro lugar em 1984, nos Estados Unidos da América quando a Christian Literature Crusade Fort Washington lançava o livro “THE POWER OF THE BLOOD OF JESUS” de Andrew Murray. O livro, desconhecido para a maioria cristã, foi traduzido para a língua portuguesa, alguns anos mais tarde, mas nunca poderemos dizer que Andrew Murray copiou a Igreja Cristã Maranata, pois sabemos (como ele certamente sabia também) que o sangue de Cristo liberta de todo pecado e quando clamamos por este sangue uma atmosfera de glória é criada à nossa volta e os ministros, anjos de Deus saem para deter a oposição e proclamar os atos de justiça do Todo-Poderoso. A nossa alma exulta, quando sentimos a ação do Espírito Eterno de Jesus dando sentido à nossa pobre vida. Da alma remida pelo sangue de Cristo brota o louvor do qual Deus se agrada e até o mais humilde camponês tornar-se-á o maior de todos os poetas naquele simples ato.

Como é que você acha que surgiram os louvores mais marcantes de toda a história do Cristianismo? Foi no calor duro da prova, quando os valentes de Deus não quiseram recuar diante do inimigo, então o céus responderam com glória e fogo.

Logo chegaremos à conclusão que o clamor pelo sangue de Jesus é uma necessidade, uma arma espiritual, um meio de graça, que Senhor tem colocado à nossa disposição. Mas devemos considerar que nem todas as coisas que estão bem patentes na história do Cristianismo são do conhecimento de todos, pois o apóstolo Paulo questiona em um trecho, no final do livro de Atos dos apóstolos:

“E, como ficaram entre si discordes, despediram-se, dizendo Paulo esta palavra: Bem falou o Espírito Santo a nossos pais pelo profeta Isaías, dizendo: Vai a este povo, e dize: De ouvido ouvireis, e de maneira nenhuma entendereis; E, vendo vereis, e de maneira nenhuma percebereis” Atos 28:25-26.


O segredo do Senhor é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança.  Salmos 25:14.

A ação do sangue de Jesus é um segredo para crentes fiéis, independente da placa da igreja em que congregam.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...