Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

quarta-feira, 29 de julho de 2015

LEMBRA-TE DE ONDE DEUS TE TIROU

LEMBRA-TE DE ONDE DEUS TE TIROU
II CRÔNICAS 17:7
"Eu te tirei do curral de trás das ovelhas, para que fostes chefe do meu povo de Israel."
Introdução:
Israel vivia momentos difíceis. Saul havia desobedecido ao Senhor, Deus o rejeitou como Rei e agora a primeira providência é que Samuel:
1) Enchesse o vaso de azeite
2) Venha a Deus e Ele apontaria o caminho a casa de Jessé
3) Proveria um Rei


Desenvolvimento:
Samuel = teme Saul e teme ser morto. (I Samuel 16:2)
Mas Deus o manda sacrificar a Ele. Nos mostrando que diante de qualquer atitude a ser tomada o clamor pelo sangue de Jesus não deve faltar e a importância da doutrina.
Ele convida Jessé e os anciãos a participarem do sacrifício = o corpo presente o sacrifício, o azeite, na cidade de Belém = casa de pão, tudo estava pronto. Era o momento propício para a operação do Senhor. O reinado de Saul já estava rasgado. (I Samuel 15:27-28).
Ele havia pecado, fez o que era mal aos olhos de Deus, levou o povo ao pecado e Deus o rejeitou. Mas Deus nunca abandonou o seu povo. Nosso Deus é um Deus de providência e misericórdia.
Samuel estava velho, temia Saul, mas Deus precisaria fortalecer a base daquele reinado, tiraria Saul e levantaria outro Rei segundo o seu coração. Saul era um Rei segundo a vontade do homem. Ele levantaria Davi segundo o seu coração.
        Ali Samuel não diz nada a ninguém, não conta aos anciãos o que fora fazer na casa de Jessé, mas ali era a operação do Senhor. Era Samuel de barro, e como instrumento. O Senhor como o Provedor e  Conhecedor, Dono desta obra.
        No silêncio daquele momento de sacrifício, Deus trabalhava em prol de seu povo, era um momento muito especial entre Deus e Samuel, era um momento em que no silêncio Deus estava falando. Ninguém ouvia a sua voz, ninguém sabia o que estava ocorrendo, mas durante aquele sacrifício, Deus estava separando, escolhendo um homem valente, um nobre para levar a sua obra.
        Um a um dos filhos de Jessé e cada um que se apresentava no silêncio, Deus falava a Samuel "não é este". Passaram-se os 7 filhos de Jessé. Podemos imaginar Jessé vendo Samuel examinar seus 7 filhos. Ele devia estar sem entender o que ocorria no coração de Samuel, mas ali o que ocorria no silêncio, era o cuidado do Senhor em preservar a sua obra e seu povo. Ele não escolheu Eliabe que tinha aparência, porque esta obra não é de aparência!
E quando Samuel pergunta a Jessé se acabaram os jovens, Jessé responde que falta o menor que estava apascentando ovelhas. E ele diz "envia e manda o chamar, porquanto não nos assentaremos em roda da mesa até que ele venha aqui". Ali Davi foi ungido e o Espírito do Senhor se apoderou dele. (I Samuel 16:13)
        Estamos em uma grande obra onde não podemos temer. Samuel teve medo de Saul, mas Deus lhe manda sacrificar, pegar o vaso de azeite, ir a Belém. Deus aponta a solução, o caminho, a saída para aquela situação, que era ir a Belém, e assim Ele providenciaria um Rei.
        Deus já providenciou um Rei que reina sobre nós, Jesus é o nosso Rei. O mais desprezado, mas ungido para nos salvar. Jesus é o nosso escape do rei deste mundo. Jesus nos livra de Saul, do inimigo.
        Davi lutou pelo reinado, pelo povo, Jesus luta por nós. Davi é o tipo de Jesus segundo o seu coração, mas também Davi nos fala do servo desta obra quando Saul se levanta para impedir a obra de Deus, impedir este projeto. Deus te chama meu irmão, Deu te faz lembrar de onde te tirou: do curral de trás das ovelhas.
        Você se lembra de onde você veio? De onde você estava quando ele te chamou quando ninguém te considerava. Talvez você fosse rejeitado, o menor na sua família. Sua vida era uma rotina, cuidando de ovelhas. De trás das ovelhas, cansativo. Como era a sua vida?
        Mas um dia Jesus te viu quando ninguém sabia de você. Ele o viu por trás das ovelhas no curral. Foi de lá que Deus nos tirou. Talvez estávamos sujos, lidávamos com animais, com o mundo, mas ele nos tornou limpo. Quando se sacrificou o Cordeiro, quando a igreja se reuniu e orou, assim como se fez na casa de Jessé.
        Você se lembra quando Deus o chamou para esta grande obra? Quando o caso de azeite foi derramado e você foi cheio do Espírito Santo e o Senhor se aponderou de você? Você se lembra disto? Quando você teve um encontro com Deus? Foi isto o que Davi sentiu. "Eu te tirei do curral de trás das ovelhas, para que fostes chefe do meu povo em Israel."
        Deus levantou Jesus para reinar eternamente em nossas vidas. Deus chamou Davi para reinar para fazer a sua vontade. Ele também te chamou porque se agradou de você e quer usá-lo nesta obra.
        Davi foi chamado ainda menino, mas não viu dificuldade em obedecer. E hoje Jesus conta com seus valentes. Saul está aí, o mundo há um oposição a Deus.
        Lembremos que o Senhor nos tirou do curral de trás das ovelhas, porque viu em nós o seu desejo de nos abençoar, nos encheu do seu Espírito Santo, nos fez vencedores.
        Davi venceu a muitos e esta obra é semelhante a obra de Davi. Muitas lutas virão, mas Deus no faz vencedores, Deus tem separado os que lhe são úteis nesta obra. Somos privilegiados porque dentre tantos, Ele nos viu no curral das ovelhas. Os filhos de Jessé estavam em casa, mas Deus viu Davi no curral, para Deus não há distância para abençoar quando ele chama para esta obra. Ele nos chama certo de que pode contar conosco. Quantos "Davis" estão aqui. Não importa a sua condição, Deus vê o seu coração, a sua disposição, Ele quer contar com você nesta obra.

Conclusão:

        Lembra-te de onde Ele te tirou. Tenhamos um coração de gratidão, trabalhemos por este Reino de Davi que é eterno. Jesus da descendência de Davi. Há uma recompensa para os que se dispõem, que é a vida eterna.


        Josenilson Félix

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE