Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

quarta-feira, 22 de julho de 2015

A AMEAÇA DE JEZABEL E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

IREIS 19: 2 a 7 – 

O texto conta a história de um dos momentos mais difíceis vividos por um grande homem de Deus levantado em Israel como profeta. Um homem que já tinha presenciado grandes sinais da parte de Deus, milagres operados pelo Senhor através da sua vida. Num período em que a terra estava numa seca muito grande, ele pôde ver a provisão milagrosa de alimentos através de corvos que vinham alimentá-lo, ou seja, enquanto muitos padeciam fome, ele apenas aguardou o sustento vindo do céu, e recebeu. Foi usado para ressuscitar o filho de uma viúva que estava desesperada, com um clamor viu a resposta imediata da parte de Deus: “E o Senhor ouviu a voz de Elias; e alma do menino tornou a entrar nele, e reviveu”.


Viu cair fogo do céu diante da sua oração, convertendo muitos ao Senhor quando disseram: “Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!”, além de exterminar 450 profetas de Baal...Ou seja, conhecia como ninguém o que Deus é capaz de fazer, que Ele não deixa faltar nada, que Ele usa com poder, que Ele responde clamores, mas agora estava sofrendo a ameaça de Jezabel, rainha da época, e fugiu com medo.

Quantos servos, quantas pessoas que já vivenciaram o poder de Deus em suas vidas, tem inúmeras experiências, mas simplesmente se deixam levar por uma situação aparentemente mais difícil? Ele esqueceu o que Deus já tinha realizado. Não era ele. Era Deus! Nós nunca podemos deixar de manter vivo em nossa memória aquilo que Deus faz, isso é alimento na hora da angústia.

V.2- “Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias...” Se Jezabel queria matá-lo, por que enviou um mensageiro para avisar, ao invés de consumar o ato? Por que não pegou um bom soldado do seu exército e o enviou para matar o profeta? Ela deu o aviso do que iria realizar, que dia, a que horas...Que assassino avisa sua vítima dando a ela prazo para fuga? Quem realmente vai matar chega sem ser percebido, sem fazer estardalhaço e pronto, se não assusta a vítima. Porém há aqui um segredo: o adversário sabe que o servo está escondido no sangue de Jesus, portanto não tem como tocar na sua vida; eis uma tática que ele tem usado muito nesses últimos dias: A Ameaça. “Olha, não adianta madrugada não, amanhã você está desempregado, não adianta orar não, Deus não vai te escutar, você já era, essa história de que Deus opera milagre é coisa do passado, seu filho não vai se converter, seu lar vai ficar em ruínas por causa dessa prova financeira, passar em concurso você não vai conseguir, é impossível, ser usado você não vai ser nunca, é incapacitado...” São as mensagens enviadas pelo inimigo, mas lembre hoje: ELE JÁ ESTÁ DERROTADO EM NOME DE JESUS, porque fomos chamados pra sermos vencedores!

V.3- “Se levantou para escapar com vida...” Ele sucumbiu à ameaça, deu ouvidos a ela, tanto que fugiu dentro do prazo dado por Jezabel (“amanhã a estas horas eu te mato”, “fugiu caminho de um dia”)

V.4- “Se assentou debaixo de um zimbro e pediu a morte”. Ficou debaixo dos seus argumentos (zimbro – arbusto natural de áreas desérticas), com suas razões, com seus lamentos. Há pessoas que vivem se lamentando, reclamando, e que só resta mesmo a morte (o fim de todo homem), ou seja, Elias estava dizendo: é o meu fim agora.

V.5- “Um anjo o tocou...” A palavra “anjo” significa “mensageiro”. Jezabel tinha enviado seu mensageiro também, mas Deus antecipou a ação do adversário e enviou um anjo para levantar Elias, assim como hoje o Senhor tem enviado milícias dos seus anjos para te levantar e te dizer: Eu sou contigo! Lembramos da experiência de um servo da bíblia, Daniel, que foi levado à cova dos leões por ser fiel a Deus (Jezabel queria matar Elias por destruir os profetas de Baal, ou seja, assim como Daniel, estava fazendo a Obra). O rei no outro dia com voz triste chegou perto da cova e disse: “Daniel, servo do Deus vivo! Dar-se-ia o caso que o teu Deus a quem tu continuamente serves, tenha podido livrar-te”? Então disse Daniel: “Ó rei, vive para sempre!_ O meu Deus enviou o seu anjo e fechou a boca dos leões para que não me fizessem dano”.

V.6- “Pão cozido” - A palavra revelada é alimento que restaura, renova a vida, a fé.
“Água” - É o refrigério do Espírito Santo para nossa vida.
“Tornou a deitar-se” - Muitos recebem a bênção, ouvem a palavra, são visitados pelos anjos, sentem a presença do Espírito, mas o desânimo supera a fé e permanecem debaixo do seu zimbro.

V.7- “O anjo tocou segunda vez” - Você pode até ter desistido, mas Deus não desistiu de você não, Ele te ama, e a posição em que quer te ver é esta: de pé. Na posição de profeta levantado pelo Senhor.

Apesar das ameaças que o adversário tem tentado nos impor, nós sabemos em quem nós temos crido. A nossa batalha é constante, as experiências que vamos tendo com o Senhor na caminhada devem servir de exemplo para outras futuras, não podemos esquecer do que Ele já fez e faz nas nossas vidas, porque Ele é o mesmo, ontem, hoje e será eternamente, por isso a certeza da vitória é viva nas nossas mentes. O nome Elias significa “Jeová é o meu Deus”. Passamos por provas difíceis, mas o Senhor dos exércitos é o nosso Deus!

PR. SILAS

MURIAÉ- MG

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...