Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

Série de Estudos Sobre a 5ª Medida

segunda-feira, 25 de maio de 2015

CORRE AO ARRAIAL

CORRE AO ARRAIAL
Corre ao arraial e leva grãos tostados 
- I Sm. 17:17  

INTRODUÇÃO -

Deus enviou seu filho Jesus para cuidar de um rebanho e para alimentá-lo.

O alimento é preparado pelo próprio Senhor Jesus.
A Sua vida nos mínimos detalhes é o nosso alimento. Sua vida toda foi dedicada a alimentar o rebanho que Deus lhe deu.



O alimento do rebanho é um só  mas o alimento daqueles que foram chamados para ajudar o S Jesus à frente do rebanho tem que ser mais consistente.

Como prova do seu grande amor por nós Deus mesmo  estabeleceu uma garantia de que o rebanho vai bem!!

DESENVOLVIMENTO -

"...E disse Jessé a Davi, seu filho..." -

Jessé precisava ter notícias de seus filhos que estavam em grande perigo. Assim também Deus se interessa em saber como vai cada um de nós nas nossas batalhas com o inimigo de nossas almas

 Quando o homem caiu em pecado, no jardim do Éden, houve uma conversa na eternidade entre o Pai, o filho e o E.S.: a quem enviarei quem há de ir por nós?! ( Is. 6:8)

O tema da conversa na eternidade sempre foi o homem e suas necessidades.... tal é o interesse de Deus por nós, somos o centro da sua atenção, objeto do seu grande amor!

Profeticamente, Davi compõe o salmo que contém a resposta  do filho àquela pergunta da trindade :

 "Então disse: Eis aqui venho; no rolo do livro está escrito de mim, Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu.." (Sl. 40:7 e 8).

Séculos mais tarde o autor inspirado da Carta de Hebreus, falando do S. Jesus, menciona este mesmo Salmo dizendo que nesta vontade ( de Jesus) é que temos sido santificados ( Heb. 10:10). Assim como Davi atendeu ao pedido de seu pai de bom coração, Jesus também disse: eis me aqui envia- me a mim!!

Davi foi enviado aos seus irmãos que eram soldados do exército do rei mas no final de tudo foi ele que enfrentou o inimigo e venceu a batalha porque  só ele poderia vencer aquele gigante.

 Jesus também veio ao mundo porque o homem tinha diante de si um inimigo muito mais poderoso, mas no final de tudo foi Jesus  que venceu a batalha do homem contra o seu pior  inimigo porque só Ele tem "palavras de vida eterna"

 "....Toma, peço-te, para teus irmãos..."

Em Ap. 5:1-8 nos é dito que ninguém era digno de tomar o livro da vida das mãos daquele que estava no trono e por isto Joao chorava muito.

Não havia perspectiva para aquele impasse porque aquele impasse é tipo da impotência humana em corrigir sua situação de escravidão do pecado.

Contudo, um cordeiro que tinha sido morto apareceu e pegou o livro, havendo então uma grande alegria no céu ( E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono." Apocalipse 5:7)

Assim como Davi deveria tomar das mãos do seu pai aqueles elementos para levar para seus irmãos, assim também Jesus tomou na  eternidade diretamente das mãos do Pai  tudo o que nós precisamos e  nos trouxe salvação,  alimento, paz, segurança, consolo, abrigo, etc.
Interessante notar a semelhança das situações porque assim como Davi foi enviado aos seus irmãos, em Hebreus é nos dito Jesus não se envergonha de nos chamar seus " irmãos " :

"....por cuja causa não se envergonha de lhes chamar irmãos, dizendo: Anunciarei o teu nome a meus irmãos, cantar-te-ei louvores no meio da congregação..." (Hebreus 2:11 e 12 )

".... um efa deste grão tostado.. "

A vida de Jesus foi uma sequência de fatos minuciosamente planejados na eternidade para que pudessem, depois de registrados, suprir toda sorte de necessidades do homem, desde a salvação, que é o bem maior, o sentido de viver, até o ensino para a vida secular, o conforto, a paz, o encorajamento para tempos difíceis.

Para todas as nossas situações, a vida de Jesus contém um ensino maravilhoso!

Portanto, cada ensino, cada experiência na vida de Jesus, cada palavra sua, cada milagre operado é um grão tostado.

São grãos que passaram pelo calor da  fornalha, porque toda a vida de Jesus foi uma grande fornalha da aflição!!

 Cada situação da vida de Jesus registrada na Palavra, cada milagre foi fruto de um clamor intenso feito com lágrimas, súplicas, noites e noites de jejum, oração pelas madrugadas nos montes.

Observe o versículo abaixo:

Hebreus 5:7 O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia.

 Todos os atos da vida de Jesus são para nós um alimento, são  grãos tostados na fornalha da aflição que nos alimentam todos os dias. Jesus pagou o preço por este alimento precioso.

"... estes dez pães..."

A palavra revelada não pode faltar no campo de batalha!!

O número dez nos fala de Jesus (numero 1) em participação com o homem ( numero zero). As experiências que nos edificam são produzidas com a participação do homem no projeto da  salvação.

Os pães são o nosso alimento diário, mas Jesus quer a nossa participação na produção do alimento diário. É a busca contínua dentro do processo da salvação. Jesus veio e já nos preparou um banquete, mas não haverá banquete se não houver a busca do homem, o engajamento, o empenho.

"... e corre a levá-los ao arraial, a teus irmãos... "

Deus tem pressa para nos abençoar...

 a ordem de Jessé  era :  "corre" ao arraial, aos teus irmãos..

O arraial é a igreja, é o lugar dos valentes, dos guerreiros...

 Em Cant. 2: 8 lemos que o amado tem pressa.

 "Esta é a voz do meu amado; ei-lo aí, que já vem saltando sobre os montes, pulando sobre os outeiros." Cantares 2:8

Quantas vezes pensamos que Deus esta demorando, Mas na verdade a ordem do Senhor a nosso respeito é para que haja pressa na bênção.

Quando Daniel começou a sua oração (no início das tuas súplicas - Dan. 9:23 ) o anjo Gabriel saiu para atender e a Bíblia diz que ele chegou " voando rapidamente "

O Senhor tem pressa...

"...Porém estes dez queijos de leite leva ao capitão de mil..."

Os obreiros têm necessidades especiais. São chefes de mil e por isto precisam de alimento diferenciado.

 O queijo é o leite processado, curado, curtido, concentrado.

 A Palavra que serve de alimento para a ovelha é retirada do mesmo lugar       (Bíblia) daquela da qual se serve o obreiro, mas é processada de uma forma diferente... Ela é mais trabalhada, é amadurecida... Tem mais consistência, assim como o queijo é mais consistente do que o leite puro.

Por outro lado, o trato digestivo da ovelha foi idealizado para digerir leite e não queijo... (ovelha não come queijo!) O obreiro precisa ter um discernimento maior, mais profundo.

Mas não se deve esquecer que assim como eram dez os pães,  Davi tinha que levar dez queijos porque o ministério não é nada sem Jesus ( 10 : 1 + 0 ). Tudo quanto o obreiro faz deve ser debaixo de uma orientação do Senhor ( sem mim nada podeis fazer...( Jo. 15:5)

CONCLUSÃO

“... e visitarás a teus irmãos, a ver se vão bem e tomarás o seu penhor...”.

Isto é a expressão do amor de Deus: Ele se importa com você. Por isto Ele enviou Jesus para morrer numa cruz para que você tenha vida! Deus tem todo interesse em que esteja bem, assim Jessé queria saber se seus filhos iam bem.

No final da sua missão Davi tinha que dar para Jessé uma garantia de que seus irmãos estavam seguros.

Que figura maravilhosa do penhor do E.S.! Observe abaixo.

II Coríntios 1:22 O qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações.

Jesus deu ao Pai a garantia de que a igreja estaria segura através dos séculos: ele nos deixou selados com o Espírito Santo!

Por isto que o E.S. nos Apascenta nos alimenta, nos ouve nos assiste em nossas fraquezas, intercede por nós.

Gloria a Deus por uma tão grande salvação!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...