Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

Série de Estudos Sobre a 5ª Medida

domingo, 3 de maio de 2015

A ONISCIÊNCIA DO SENHOR JESUS

A ONISCIÊNCIA DO SENHOR JESUS
JO 1:47-48“...de onde me conheces tu?”

INTRODUÇÃO
O encontro de Natanael com Jesus fazia parte de um plano profético de Deus para a sua vida. A palavra menciona a participação de Filipe neste encontro de Natanael com Jesus, apenas como um instrumento que foi usado pelo Senhor para aquilo que já estava programado na eternidade. Semelhantemente em nossos dias muitos são usados pelo Senhor como Instrumentos na evangelização para que o pecador venha ter um encontro com o seu salvador.



DESENVOLVIMENTO:
Jesus viu Natanael vir ter com ele – o Senhor ver e conhece aqueles que estão vindo a sua presença e que em muitos casos trazem em seus corações dúvidas e até mesmo a incredulidade, mas querem a sua benção, e por isso,  se aproximam dele.
 Encontramos na palavra exemplos maravilhosos de homens e mulheres que um dia tomaram a decisão de se aproximarem do Senhor: ex A mulher do fluxo de sangue; Jairo que era chefe da sinagoga; entre outros. Vieram a Jesus e não saíram decepcionados, pelo contrário saíram maravilhados com a benção do Senhor em suas vidas.
 O salmista usa uma expressão no salmo 73:28,  que Diz: “ Mas para mim, bom é  em aproximar-me do meu Deus...”.
E disse dele – Quando nos aproximamos do Senhor, passamos a ouvir a sua voz; o que o Senhor fala ao nosso respeito. Natanael estava naquela hora ouvindo o Senhor Jesus falando acerca da sua vida com todo amor e com todo carinho.
Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo – O senhor Jesus nesse diálogo com Natanael, demonstra para Natanael o quanto o conhecia e que sabia da sua vida detalhadamente: sabia que ele era um verdadeiro israelita (cumpridor da lei de Moisés), em quem não havia dolo (engano, maldade, etc.), viu ainda debaixo da figueira.
 Meus irmãos o Senhor também conhece a cada um de nós porque ele é o Deus onisciente que tudo conhece.
Sabe dos nossos erros e dos nossos acertos ao longo da nossa vida e da nossa caminhada. Neste mesmo evangelho no capitulo 2:24-25, encontramos a seguinte afirmação acerca da onisciência Deus em  Jesus movida pelo E. S.: “...porque a todos conhece; e não necessitava de que alguém testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem”.
 A pergunta feita por Natanael a Jesus, quando disse: “... de onde me conheces tu? era de alguém que estava maravilhado e surpreso com tudo aquilo que o Senhor revelara acerca da sua vida. O encontro do pecador com o seu salvador produzem isso mesmo no homem: surpresa e o deixar maravilhado, porque é o encontro com o Deus onisciente, que tudo sabe a seu respeito.
Jesus respondeu, e disse-lhe: o Senhor é o único que tem respostas para os anseios da alma do homem, é o único capaz de sanar as nossas dúvidas, porque ele é a verdade.
Antes que Filipe te chamasse, te vi eu, estando tu debaixo da figueira – o Senhor queria que Natanael entendesse que o mesmo havia sido eleito por Deus para a salvação. Da mesma forma o senhor tem nos feito entender que antes do Irmão fulano de tal ter nos convidado para vir à igreja, ou que a irmã fulana de tal tivesse orado por nós ou alguém tivesse nos evangelizado; o Senhor na sua eternidade já nos contemplava, via as nossas dores, as nossas lutas, o vazio que havia em nossa alma; e um dia o Senhor se revelou a nós e nos fez entender que fomos eleitos por Deus desde a eternidade para a salvação.
De onde me conheces tu? – A resposta a está pergunta é que o Senhor nos conhece antes mesmo de sermos gerados no ventre materno de nossas mães, o Senhor nos conhece desde a eternidade, porque ele nos amou primeiro. O Senhor era estranho a nós, porque não o conhecíamos, todavia nenhum de nós era estranho ao Senhor e salvador; ele já nos conhecia, mesmo quando andávamos distantes dele, quando vivíamos desviados do seu Projeto de Salvação; o seu olhar de amor estava sobre as nossas vidas. Até que houve um momento em que este Senhor maravilhoso nos foi apresentado através da operação e revelação do Espírito Santo e hoje o Senhor Jesus já não nos é estranho, pelo contrário passamos a conhecê-lo e tê-lo como o nosso amigo maior, o nosso salvador, o nosso Emanuel (Deus conosco).

CONCLUSÃO:
Meus irmãos para Natanael fora uma grande surpresa ter um encontro com aquele que já sabia tudo a seu respeito e a pergunta dele foi “...de onde me conheces tu?” a Resposta de Jesus a este homem foi “ antes que Filipe te chamasse, te vi eu...”.  O Senhor conhecia todos os caminhos percorridos por Natanael, a sua vida estava descoberta aos olhos do Senhor, não havia nenhum segredo a ser revelado. Hoje você estar diante de um Deus e Senhor que é onisciente, que deseja te dar a mesma experiência que deu a Natanael, fazendo-te entender acerca da salvação como uma eleição de Deus para a vida do homem. Natanael creu e fez a confissão mais extraordinária que o homem pode fazer quando disse: “Rabi, tu és o filho de Deus; Tu és o Rei de Israel”.

Diácono sergio

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...