Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

Série de Estudos Sobre a 5ª Medida

terça-feira, 28 de abril de 2015

NÃO DIGA AO POVO QUE RESSUSCITOU DOS MORTOS

NÃO DIGA AO POVO QUE RESSUSCITOU DOS MORTOS
MT- 27: 62-66  “Mensagem da ressurreição”
Palavra ou expressão chave: “... não digam ao povo: ressuscitou dos mortos...”

INTRODUÇÃO:
O ministério do Senhor Jesus, neste momento aqui descrito no texto já estava realizado(ministério terreno, pois o ministério do Senhor Jesus é eterno  e continua presente na vida da igreja fiel, através da operação do Espírito Santo). 



O Senhor Jesus havia operado curas, libertações e ensinado as coisas acerca do reino eterno. Mas havia uma palavra profética que fora deixada por Jesus, que palavra era essa? Que ao terceiro dia ele ressuscitaria dos mortos. Então, era uma palavra acerca da ressurreição. E isso foi dito pelo Senhor em vários momentos. Exemplos: JO 10:17-18, (eu dou a minha vida para a reassumir), JO 14:19, (um pouco, e o mundo não mais me verá; vós, porém, me vereis; porque eu vivo, vós também vivereis).
Havia, portanto, uma apreensão por parte dos religiosos com relação a essa palavra proferida por Jesus: “ao terceiro dia ressuscitarei”. Decidiram ir a Pilatos, que prontamente atendeu ao pedido que lhe fora feito pelos principais sacerdotes e fariseus, passaram a montar guarda do sepulcro.

DESENVOLVIMENTO:
Estiveram diante do sepulcro onde Jesus fora posto:
- Maria madalena e Maria
- Principais Sacerdotes e Fariseus
- Soldados
Quais os motivos que levaram essas pessoas a estarem ali, será que era o mesmo? Não. Os motivos eram bem diferentes.
- Maria madalena e Maria - estavam por amor( uma recebera uma benção de libertação e a outra pode guarda no seu coração as palavras de vida ditas por Jesus);
- Principais Sacerdotes e Fariseus – estavam em nome da religião, mas que não tinham um compromisso de fé no senhor Jesus;
- Soldados – estavam tão somente acatando ordens do seu patrão que era Pilatos.
Os principais sacerdotes e fariseus acabaram violando o sábado(dia de descanso), nada mais é do que a figura do homem religioso. Que acaba quebrando as próprias regras e normas que eles mesmos criam e estabelecem.
        No versículo 63 – “lembramo-nos do que disse aquele embusteiro enquanto vivia”- a palavra “embusteiro” é o mesmo que enganador. Para eles Jesus era um enganador; eles estavam com isso negando a verdade que é Jesus.  Estavam, portanto, negando: o caminho, a verdade e a vida. Ao dizerem que Jesus era um embusteiro, negavam todo o ensino de Jesus com relação à vida eterna.
Mas para a igreja fiel, Jesus e a verdade que liberta; o caminho seguro no qual andamos firmemente  e o que nos assegura a certeza de uma vida eterna. Nós temos uma experiência com Jesus de salvação, de maneira que há um testemunho em nós dos seus feitos. Citar: a experiência do cego de nascença, quando foi interrogado pelos fariseus. JO 9:24-34.
No versículo 64 -  para que não digam ao povo: ressuscitou dos mortos.
- Que Jesus está vivo:
-venceu a morte
-venceu o pecado
-fala com o homem
-tem paz para conceder
-Tem segurança
 - tem descanso

CONCLUSÃO:
Há muitas pessoas que precisam saber disso, como também ter uma experiência com esse Jesus ressurreto dentre os mortos.
Quem está em condições de anunciar isto ao mundo? Só aqueles que são seus discípulos (igreja fiel) que tem uma experiência com um Jesus vivo e que reina para sempre, que tem visto e ouvido o salvador. A mensagem  da igreja primitiva era o resultado dessa experiência ( “ com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do senhor Jesus e em todos havia abundante graça, AT 4: 33). A mensagem da igreja fiel nesta última hora é: que Jesus está vivo e que voltará para leva-lá para a eternidade.


Josenilson Félix

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...