Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

O LOUVOR DE EZEQUIAS

O louvor de Ezequias
O louvor de Ezequias, rei de Judá, filho de Davi.

Isaías 38 : 17-21

Eis que foi para minha paz que eu estive em grande amargura; tu, porém, amando a minha alma, a livraste da cova da corrupção; porque lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados.
Porque não te louvará a sepultura, nem a morte te glorificará; nem esperarão em tua verdade os que descem à cova.
Os vivos, os vivos, esses te louvarão, como eu hoje o faço; o pai aos filhos fará notória a tua verdade.
O SENHOR veio salvar-me; por isso, tangendo em meus instrumentos, nós o louvaremos todos os dias de nossa vida na casa do SENHOR.
E dissera Isaías: Tomem uma pasta de figos, e a ponham como emplasto sobre a chaga; e sarará.

Introdução

Ezequias foi rei de Judá, onde reinou 29 anos.
Assumiu o reino de seu pai Acaz., que era ímpio e fez o que era mal aos olhos do Senhor, implantando o culto idólatra. 
Ezequias porém, optou em servir ao Senhor. 
Destruiu os altares para cultos idolatras, trouxe o coração do povo novamente para o Senhor, regulou as turmas dos sacerdotes, celebrou a páscoa do Senhor, além de outros feitos que agradassem a Deus. 
Seu reinado foi próspero. 
Aos 39 anos de Idade Ezequias foi acometido de uma enfermidade mortal. 
O Profeta Isaías foi até o rei e entrego-lhe a Palavra do Senhor: Põe em ordem a tua casa, porque morrerás, e não viverás.
A Palavra nos diz que Ezequias se humilhou diante do Senhor, derramou suas lagrimas e Deus ouviu a sua oração.
Ezequias foi curado. 
A cura veio quando ele colocou (por ordem do Senhor) a pasta de figos como emplasto sobre a chaga...




Desenvolvimento

Como rei certamente Ezequias estava rodeado de servos para servi-lo.
Seu reinado foi próspero e certamente havia riquezas também.
Era socialmente conhecido e reconhecido por todos.
Ezequias tinha à sua disposição tudo que um homem poderia ter e querer.
Foi um homem vitorioso, não se rendeu a Senaqueribe, rei da Assíria.
Foi um servo que se preocupou em fazer aquilo que agradava ao Senhor.
Porém, chegou um momento de sua vida em que os seus servos não poderiam mais fazer nada por ele, sua riqueza não o ajudaria, sua fama não valia para mais nada, os recursos humanos não tinha mais valor.
Foi o pior momento de sua vida; um momento de dor, de sofrimento, o momento da enfermidade, e enfermidade para morte.
O pior momento da vida do homem (humanidade) é o momento da morte. 
Deus fez o homem para que vivesse eternamente, e não para que morresse. 
A enfermidade que leva o homem à morte é o pecado (porque o salário do pecado é a morte).
Essa enfermidade atingiu a toda a humanidade (
Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus), provocando a morte fisica e principalmente a morte espiritual.
A solução veio para Ezequias quando o profeta trouxe a ele a Palavra do Senhor.
Do mesmo modo o Espírito Santo está nesse momento trabalhando em muitos corações, convencendo do pecado e da justiça, através da Palavra da vida.
Ezequias se prostou e chorou muito, pedindo ao Senhor que se lembrasse de como ele havia andado na presença do Senhor com um coração verdadeiro, suplicando o favor de Deus para a sua vida.
Quando o homem entende que o melhor é estar na presença do Senhor, quando o homem se humilha diante do Todo Poderoso, Deus vê e se compadece.
No mesmo instante Deus enviou o profeta para consolar a Ezequias e dizer que ele não morreria e seria acrescido de mais 15 anos de vida.

A cura da Enfermidade
A cura aconteceu quando uma pasta de figos foi colocada sobre a chaga.
Para se fazer a pasta, os figos tiveram que se esmagados.
A cura para nossa alma veio quando Jesus na cruz foi moido por nossas enfermidades.
É através do sacríficio de Jesus que fomos salvos (Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Is 53:5).
Jesus é a solução para o maior problema do homem: a morte.
Jesus é a vida.
O louvor de Ezequias

Eis que foi para a minha paz que tive grande amargura...Foi preciso Ezequias chegar bem perto da morte para reconhecer que o Senhor era a sua paz, seu sentido de viver.
A amargura é o sofrimento, a tristeza, são as situações difíceis que passamos em nossas vidas, para reconhecer que é do Senhor que precisamos, ele é a nossa paz – a certeza da vida eterna em Jesus. tu, porém, amando a minha alma, a livraste da cova da corrupção...
Foi por amor que Jesus escolheu nos salvar (Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.)
A cova é o lugar para onde vão os mortos.
Mas para nós Deus não preparou cova da corrupção e sim mansões celestiais para que possamos morar com Ele eternamente.
Estavamos mortos em nossos pecados, mas Deus nos deu vida, libertou nosso ser, retirou a condeção que havia sobre nós e escreveu nossos nomes no livro da vida.

porque lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados.

Esse texto tem dois sentidos:
1º - Deus nos perdoou e esqueceu do nossos pecados;
2º - Mostra o sofrimento de Jesus, que levou naquela cruz o peso do nosso pecado, das nossas transgressões.
Mas Deus lançou para trás, ja não existem. Glórias a Deus.

Porque não te louvará a sepultura, nem a morte te glorificará; nem esperarão em tua verdade os que descem à cova.

Para os que estarão eternamente separados de Deus restará o sofrimento eterno, não haverá louvor, gratidão, porque eles não amam a justilça de Deus.
Não esperarão mais pela verdade, porque a condenação é eterna (O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar).
Não haverá mais esperança. Restando apenas o sofrimento.

Os vivos, os vivos, esses te louvarão, como eu hoje o faço

Os vivos que duas vezes vivificados, somos nós que aqui nesse mundo fomos salvos, livres do pecado, transformados, e seremos naquele glorioso dia (dia do arrebatamento) glorificados, seremos imagem e semelhança de Deus para todo sempre, e não mais provaremos a morte.
Daremos a Deus nosso louvor eternamente.
Expressão da nossa gratidão por tão grande salvação.

o pai aos filhos fará notória a tua verdade.

Ao longo dos séculos essa verdade tem sido proclama, anunciada a todos.
O Pai, nosso Deus, tem feito com que todos conheçam que Jesus é a Salvação.

O SENHOR veio salvar-me

Jesus veio a esse mundo, onde sofreu, e nos salvou.
Sendo Deus se fez homem.
Sendo eterno, morreu, e depois ressuscitou.
A experiência da salvação é individual, mas é para todos que quiserem essa salvação (Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome).

por isso, tangendo em meus instrumentos, nós o louvaremos todos os dias de nossa vida na casa do SENHOR.

Aplicamos esse texto em nossas vidas de três formas:

1º - Cada um de nós é templo do Espírito, somos casa de Deus, onde Deus habita.
Deus habita no meio dos louvores.
Se houver gratidão em nós, Deus habita no nosso coração.
Temos um louvor constante a Deus por nossa salvação.

2º - Na casa do Senhor é onde encontramos a Igreja, os irmãos. Aqui vemos a comunhão da Igreja, o corpo de Cristo.
Essa salvação é operada em nós individualmente, porém no corpo onde Deus agrega os novos na fé (Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentavam o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar).
Reunidos no amor de Deus para juntos louvarmos o nosso Salvador.

3º - Aqui vemos também a profecia do arrebatamento da Igreja: ”nós o louvaremos todos os dias de nossa vida na casa do SENHOR”.  A eternidade.

Conclusão

Ezequias louvou a Deus pelo livramento de morte e pelos anos de vida que o Senhor Deus acrescentou à sua vida.
Nós louvamos a Deus por essa mesma salvação que Ele nos deu.
Perdoou-nos dos pecados que cometemos, escreveu nossos nomes no livro da vida, nos deu vida eterna.
Nossos recursos, habilidades, potencialidades, nada disso vale para nossa salvação.
A Salvação veio de Deus para nós, é dom gratuito de Deus.
Nosso louvor é a expressa de almas remidas que amam a Deus.
Louvamos na certeza que o nosso redentor vive, e por fim virá sobre a terra.

Maranata! O Senhor Jesus vem.





LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE