Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

Série de Estudos Sobre a 5ª Medida

terça-feira, 19 de agosto de 2014

O COPO DE PRATA DE JOSÉ - Gênesis 44: 1-2

O Copo de Prata de José

“ E deu ordem ao que estava sobre a sua casa, dizendo: Enche de mantimento os sacos destes homens, quanto puderem levar, e põe o dinheiro de cada um na boca do seu saco.
E o meu copo, o copo de prata, porás na boca do saco do mais novo, com o dinheiro do seu trigo. E fez conforme a palavra que José tinha dito. “

INTRODUÇÃO

Depois de treze anos, após terem vendido José para uma caravana de Ismaelitas, seus irmãos desceram ao Egito para comprar mantimentos, pois a fome assolava o mundo naquele tempo. Os irmãos de José não o reconheceram, por haverem perdido a identidade com ele (Salmo 25: 14). Ofereceram seu dinheiro em troca dos mantimentos, e José os interrogou, querendo informações sobre seu pai e se tinham mais algum irmão. Na ocasião,José usou de astúcia para fazer com que eles voltassem, trazendo o irmão mais novo, que não o rejeitara e que havia nascido durante o seu exílio no Egito.



Depois de um tempo eles voltaram trazendo Benjamim, o irmão mais moço, e foi nesta ocasião, quando seus irmãos se preparavam para retornar para Canaã, que José ordenou que se colocassem nos seus sacos de mantimento o dinheiro e no saco de Benjamim, o seu copo de prata.

Quando seus irmãos haviam partido, José mandou que seu servo, que administrava toda a sua casa, os perseguisse e alcançasse para interroga-los acerca do seu copo de prata que “havia desaparecido”. No meio do caminho eles foram alcançados, e ao ouvirem a história do servo de José, ficaram indignados com a acusação e disseram que se o copo fosse encontrado com um dos irmãos, que este fosse morto e os demais seriam escravos de José. O mordomo então concordou, mas disse que se o copo fosse achado com alguém, este seria escravo de José e os demais seriam liberados. Eles então começaram a procurar, a partir do mais velho deles, até o mais novo, e quando abriram o saco de Benjamim o copo de prata estava lá...



DESENVOLVIMENTO

José é um dos tipos mais perfeitos do Senhor Jesus, que encontramos na Palavra de Deus. Hoje em dia muitos têm ido ao Senhor em busca de alimento para suas almas, já que a fome espiritual domina o mundo. No entanto muitos não o conhecem como Ele é, pois não têm intimidade com Ele, por causa do pecado em suas vidas (Rm 3: 23).
Muita gente tem recorrido a Deus nesta hora, em busca de bênçãos para suas vidas, mas oferecendo algo em troca, usando o argumento do merecimento e querendo estabelecer sua própria justiça (Isa 64: 6). Muitos têm ido às igrejas com interesses particulares, em busca de algo que sacie sua fome interior, mas após alcançarem aquilo que buscam, vão embora para seu lugar de origem (o mundo) e só voltam quando sentem fome novamente.
O desejo do Senhor é que o homem que o busca permaneça na sua presença, para ser verdadeiramente saciado com sua Palavra e com sua revelação. Por isso há aqueles que, quando se achegam ao Senhor com o coração puro (Benjamim não participou da rejeição e da venda de José), Ele coloca em seu coração o seu “copo de prata”. O que vem a ser o copo de prata? Quando Jesus estava para ser preso e crucificado, no Getsêmani o Senhor fez uma oração ao Pai, pedindo que se possível fosse, passasse dele aquele cálice, que representava a sua angústia, o seu sofrimento e a cruz que Ele teria que suportar por todos
os homens pecadores. O cálice apontava para o preço da redenção (prata), o qual foi pago pelo Senhor Jesus em nosso lugar. Por isso o cálice ou copo de prata, fala da Obra redentora que Jesus realizou para nos salvar. Quando o homem vem ao Senhor com o coração sincero, Ele revela esta Obra maravilhosa, e coloca no seu coração o copo de prata, que fica ali guardado, conscientizando-o do Projeto de Salvação e dando ao Espírito Santo (o mordomo de José) a oportunidade de alcançá-lo e fazer dele um servo do Senhor Jesus (Jo 16: 8 e II Co 5: 14).

CONCLUSÃO

Benjamim (filho da minha destra), é tipo de todos aqueles que têm a Obra do Senhor no coração, e que foram constrangidos pelo amor do Senhor e pelo seu Espírito Santo, a voltar para serem servos por toda a vida. Hoje o Espírito Santo continua buscando no deserto
(mundo) aqueles que têm o copo de prata escondido no coração, ali colocado pelo Senhor Jesus, através de sua Palavra.
Aqueles que não estão interessados em ter um compromisso e uma aliança com o Senhor, voltam para o mundo, mas aquele que teve o coração marcado pela Obra Redentora, volta e permanece na presença do Senhor, servindo-o por toda a vida.





LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...