Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

A HERANÇA - VINHA DE NABOTE

A herança - Vinha de Nabote 1.      A Herança

“Sucedeu, depois distem Jezreel. Disse Acabe a Nabote: Dá-me a tua vinha, para que me sirva de horta, pois está perto, ao lado da minha casa. Dar-te-ei por ela outra, melhor; ou, se for do teu agrado, dar-te-ei em dinheiro o que ela vale. Porém Nabote disse a Acabe: Guarde-me o SENHOR de que eu dê a herança de meus pais” I Reis 21:1-3
o, o seguinte: Nabote, o jezreelita, possuía uma vinha ao lado do palácio que Acabe, rei de Samaria, tinha


1 -        Introdução

Vinha: Era uma plantação de videiras, que produziam uvas utilizadas na fabricação do vinho.
Herança: O bem maior para o povo era a terra. Quando alguém se endividava ele procurava vender tudo o que possuía para não se desfazer da terra. A maior herança que um pai poderia deixar para o filho era a terra. A possessão da terra garantia a vida. Com ela as famílias plantavam ou criavam seus rebanhos.
Quando não havia outra solução a terra era vendida. Mas havia uma determinação do Senhor para garantir a volta da terra para a família que a possuía, era o “ano do Jubileu”.
“Também contarás sete semanas de anos, sete vezes sete anos; de maneira que os dias das setes semanas de anos serão quarenta e nove anos. Então no mês sétimo, aos dez do mês, farás passar a trombeta do jubileu; no dia da expiação fareis passar a trombeta por toda a vossa terra. E santificareis o ano qüinquagésimo, e apregoareis liberdade na terra a todos os seus moradores; ano do jubileu vos será, e tornareis, cada um à sua possessão, e tornareis, cada um à sua família. O ano qüinquagésimo vos será jubileu; não semeareis nem segareis o que nele nascer de si mesmo, nem nele vindimareis as uvas das vides não tratadas. Porque jubileu é, santo será para vós; a novidade do campo comereis. Neste ano do jubileu tornareis cada um à sua possessão...” Lv 25:8-13



A cada cinqüenta anos toda família que tinha vendido sua terra recuperava a posse dela. Na verdade não era uma venda e sim, um arrendamento que tinha o seu valor calculado conforme o número de anos que faltavam para o jubileu.
Posição de Nabote: O povo tinha uma noção de herança muito maior da que temos hoje. Nabote sabia do compromisso que ele tinha com seus pais e seus filhos, por isso a vinha não tinha preço.
Acabe e Jezabel: Eram o rei e a rainha que governavam Israel. Acabe desobedece ao Senhor e faz o povo pecar. Jezabel era uma estrangeira, filha do rei de Sidom. Fortaleceu a feitiçaria e a idolatria no meio do povo.
Comentário

A vinha: É a benção da salvação na vida do homem, resultante do sacrifício de Jesus. Esta salvação tem produzido a alegria do Espírito em nossa vida.
Herança: Não foi necessário nos pagarmos nada por esta benção. Herança é o presente resultante da morte de alguém. A nossa salvação é o presente que recebemos resultante da morte de Jesus. É o nosso bem maior que recebemos pela graça.
Posição de Nabote: O servo também tem que ter a consciência que esta salvação não tem preço. O preço foi pago não por nós, mas pelo Senhor Jesus. É a posição do servo definido.
Acabe e Jezabel: É a união do adversário com a carne. Esta união é que tem governado o homem neste mundo.


2 -        Propostas de Acabe

a)  Está perto ...

“...pois está perto, ao lado da minha casa...” I Reis 21:2
O adversário está ao nosso redor. Ronda as nossas vidas tentando nos convencer a deixar o caminho do Senhor.

b)  Para que me sirva de Horta

“...para que me sirva de horta...” I Reis 21:2
Vinha: A videira é uma planta que se renova. Não é necessário cortar a árvore para colher o fruto. Fala da benção que se renova, da benção eterna de Deus para o homem.
Horta: A planta tem que ser arrancada para se colher o fruto. O que o adversário tem oferecido ao homem são prazeres momentâneos. Propõe ao homem trocar o eterno pelo temporal.

c)   Outra melhor

“...Dar-te-ei por ela outra, melhor...” I Reis 21:2
Como pode existir algo melhor que a eternidade de Deus. Mas o adversário tem enganado a muitos com esta mentira. Muitos deixam o Senhor pensando que irão encontrar algo melhor para suas vidas.

d)  Em dinheiro o que ela vale

“...dar-te-ei em dinheiro o que ela vale...” I Reis 21:2
É a proposta de trocar as bênçãos espirituais por valores materiais.
“Então, vieram dois homens malignos, sentaram-se defronte dele e testemunharam contra ele, contra Nabote, perante o povo, dizendo: Nabote blasfemou contra Deus e contra o rei. E o levaram para fora da cidade e o apedrejaram, e morreu.” I Reis 21:13
Não tinha para onde ir: Aquele campo era tudo que Nabote possuía. Ele não tinha outro lugar para ir. O servo também tem que ter esta consciência. Não existe outro lugar para nós a não ser na Obra que o espírito está realizando.
Foi perseguido e apedrejado: Em nossa caminhada encontramos muitos que nos perseguem, nos apedrejam com palavras, nos humilham. Nabote não recuou. Não podemos deixar que estes homens, agindo na carne, roubem nossa herança. Não podemos recuar, pois não temos para onde ir.


Nabote morre: Nabote morre, mas não vende sua herança. O servo morre para o mundo e para o adversário, mas mantém a benção de Jesus em sua vida.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...