Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

quinta-feira, 17 de julho de 2014

O TRABALHADOR E SEU FILHO

Uma família dividida, irmãos divididos

  • Na parábola do filho pródigo vemos também a inimizade entre dois irmãos. E a chegada de volta do filho que havia gastado uma parte dos bens do pai.
  • O pai não fez conta dos bens que o filho havia perdido, o pai estava interessado na vida do filho.
  • Agora a família estava novamente reunida e unida.
  • O filho mais novo caiu em si. O "si" é o conhecimento que esta em nós sobre a casa do pai.
  • O filho entendeu que para ter direito de entrar e viver na casa do pai ele deveria trabalhar, ou seja, ele achou que precisava fazer algo para merecer a comida, mas o pai lhe mostrou que não existe essa necessidade. Deus continua tratando como filho e não precisa trabalhar para merecer.
    O filho mais velho era tão envolvido com o trabalho para o pai que esse trabalho o fazia se afastar do pai, tanto é que ele era o mais velho e conhecia o pai menos que o filho mais novo. E o filho mais velho também esperava um reconhecimento do pai.
  • Existem dois tipos de filhos: o que fica e o que volta. E só existe um tipo de pai: que aceita de volta.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...