Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

ESPECIAL REFORMA PROTESTANTE

sábado, 16 de agosto de 2014

Benção e Maldição


Benção e Maldição
Desde que o pecado entrou no mundo o ser humano tem experimentado tanto a bênção como a maldição em decorrência de sua postura frente à Palavra de Deus. Deus mesmo é o Autor e Executor de ambas e tem estabelecido as condições para que uma ou outra sejam produzidas e executadas. Paulo também ensinava que se alguém rejeitasse a sua mensagem acrescentando ou tirando alguma Palavra daquilo que o Senhor lhe dera para falar seria anátema; e João no livro de Apocalipse disse exatamente a mesma coisa, afirmando que todas as pragas previstas em seu livro perseguiriam ao incrédulo como uma maldição.

A maldição apareceu desde o Éden quando o homem afastou-se de Deus. Ao rejeitar a Sua Palavra, o casal foi expulso do Jardim, que era o governo original de Deus na terra trazendo agora maldição sobre ela. Desde então tem havido um esforço por parte do homem de retornar àquele mesmo tipo de governo, porém pelos seus próprios meios e méritos, como nos dias de Nimrode quando edificou um reino onde todos pudessem estar juntos e reunidos. Porém Deus prometeu à semente eleita de Abraão uma terra onde eles pudessem habitar e firmar uma aliança entre Ele e sua descendência, onde nessa terra Deus mesmo pudesse abençoá-los e restabelecer o Seu governo, outrora perdido pelo casal por causa da maldição do pecado. Foi pensando nisso que Deus usou Moisés para conduzir o povo de Israel desde o Egito até Canaã para abençoá-los lembrando-Se da promessa feita ao seu pai Abraão. Quando Moisés entregou os mandamentos de Deus a Israel no monte Horebe, sua preocupação foi de que cada Palavra do Senhor fosse guardada pelo povo e conservada pelas futuras gerações. Rejeitar aqueles mandamentos, seja tirando ou acrescentando uma palavra, resultaria em maldição para todas as tribos de Israel...

Portanto o segredo e o caminho para se obter as bênçãos de Deus estava em permanecer fiel a toda a Palavra reconhecendo a Deus, o Seu mensageiro e sua Mensagem, pois ninguém pode adorar e servir a Deus a menos que isso seja feito através de um profeta, por meio de quem Deus revela a Sua Palavra e trata com o Seu povo. Por diversas vezes Israel necessitou ser corrigido por sua desobediência à Palavra de Deus e por se recusar a dar ouvidos aos Seus profetas. A maldição assolou aquele povo por ter quebrado a sua aliança com Deus servindo a outros deuses. Abraão não pôde herdar a terra em seus dias que depois foi corrompida pelos os que nela vieram habitar, mas ele está aguardando por ela. E hoje a bênção prometida a Abraão chegou até nós por intermédio do sacrifício do Senhor Jesus Cristo que Se fez maldito por nós a fim de que com o Seu Sangue nos garantisse a posse e a entrada à Terra Prometida, onde lá não haverá mais maldição. E para que voltássemos a adorar a Deus, Ele nos enviou no tempo oportuno o Seu Espirito para que por Sua Mensagem separasse uma Noiva para ser arrebatada antes de ferir essa terra e os filhos da desobediência com maldição.
Hoje as enfermidades e a própria morte recaem sobre todos, inclusive sobre os filhos de Deus, não porque estejam amaldiçoados, mas porque a terra de onde seus corpos vieram foi amaldiçoada por causa do pecado. Mas o Sangue de Jesus que caiu sobre essa mesma terra abriu caminho para a bênção da ressurreição para todos os que foram regenerados pelo Seu Sangue. E também a própria terra haverá de ser restaurada por esse mesmo Sangue que sobre ela caiu, pois tudo que for redimido por Ele será restaurado. Portanto os justos podem morrer, mas eles jamais perecerão.

 Há um juízo reservado para os que praticam a injustiça, porém Deus não destrói ou amaldiçoa o justo junto com o ímpio.
Neste mundo o eleito passa por aflições e tribulações, porém nada disso é uma maldição, pois isso é para a formação de seu caráter. Os filhos de Deus não rejeitam a correção e o Senhor sempre os corrige e repreende para que passem por um processo de purificação em suas mentes renunciando a todo o ensino falso em que eles acreditavam para que voltem ao original. E nenhum filho Seu perderá a bênção da Terra Prometida, pois encontrarão em Jesus o repouso e o descanso de suas almas.Maranata! Vem Senhor Jesus.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...