Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

CURTA NOSSA PAGINA NO FACE

Série de Estudos Sobre a 5ª Medida

terça-feira, 20 de maio de 2014

MEIO DE GRAÇA - LOUVOR


O FRUTO ALCANÇADO ATRAVÉS DOS RECURSOS DA GRAÇA- O LOUVOR
Hebreus 13:15
‘’ Portanto, ofereçamos sempre, por ele, a Deus sacrifício de louvor. Isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome. ’’
INTRODUÇÃO
Temos usados os Recursos da Graça, as armas espirituais, enquanto estamos neste mundo de dores, angustias e de aflições e através destes é que temos alcançado o fruto da vitória, assim temos vencido nos preparando para herdarmos a eternidade.


Haverá um dia em que todas as coisas passarão e tudo se fará novo. Haverá um cântico constante em nossos lábios.
Em Apocalipse 5:12 diz:’’ Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. ‘’
Este é o louvor entoado na eternidade por toda a criatura que está no céu, na terra e debaixo da terra, e que está no mar e todas as coisas que neles há, hão de dizer: ‘’Ao que está assentado sobre o trono e ao Cordeiro sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. ‘’ – Apocalipse 5:13.
DESENVOLVIMENTO
Deus criou o homem para o seu louvor e anelava dele toda adoração (Salmo 150:6).
O louvor é gerado no coração, no interior como fruto da salvação, fruto da alma remida pelo Sangue do Cordeiro, por Jesus ter deixado a sua glória e se fazer homem, para se submeter ao projeto do Pai e vencer por nós, derrotar a morte e nos dar direito a eternidade.
Isaías no capítulo 12 canta um louvor ao Senhor, por ter restaurado o seu povo, pela benção de salvação. ’’ E vós, com alegria, tirareis águas das fontes da salvação. ‘’ – Isaías 12:3.
O louvor é fruto de um coração arrependido, de almas que reconhecem o seu pecado, de servos que confessam que Jesus Cristo é o Senhor. (Salmo 103:2,3,4)
O louvor é fruto de um coração grato pela promessa feita, pela promessa aguardada, pela promessa cumprida, grato pela vitória que só o Senhor pode assegurar. Em meio às turbulências da vida, o servo tem dentro dele uma gratidão, um cântico, um louvor. (Habacuque. 3:17,18)
O louvor é fruto da fé. O Senhor é o criador de todo o universo, somos livres, a revelação de Deus nos alcançou e não nos foi imposta. Tivemos um encontro com Ele, a fé foi gerada em nós, e por esta fé somos gratos, louvamos e cantamos a esperança da vida eterna.
Davi no Salmo 104 louva ao Senhor por toda a beleza, perfeição, harmonia de toda a criação. ‘’ Cantarei ao SENHOR enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus, enquanto existir. ‘’ – Salmo 104:33.
No Velho e no Novo Testamento encontramos muitos exemplos de servos que experimentaram o fruto do louvor na caminhada.
Quando o rei Josafá passava por um momento muito difícil, pois chegou à notícia que viria contra ele uma multidão da Síria para pelejar contra Judá.
Josafá temeu, Judá se pôs a pedir socorro a Deus, e o Senhor mandou dizer para não temer, pois aquela peleja não era deles, mas do Senhor Deus.
Josafá, Judá e todos os moradores de Jerusalém adoraram ao Senhor. Os levitas se levantaram e louvaram ao Senhor Deus de Israel, com voz muito alta.
Pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa e Josafá ordenou cantores para o Senhor, saindo diante dos armados, e dizendo: “Louvai ao Senhor, porque a sua benignidade dura para sempre. Quando começaram com jubilo louvar, o Senhor pôs emboscadas contra os inimigos e eles foram desbaratados. Venceram a guerra louvando ao Senhor. (II Cr 20:21-22)
Paulo e Silas foram presos por estarem pregando o evangelho, à noite na prisão, começaram a entoar louvores ao Senhor, e de repente sobreveio um terremoto, e os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.
O louvor libertou a todos e trouxe salvação ao carcereiro. ( Atos 16)
O Senhor Jesus, o nosso grande exemplo, sempre deu graça antes de pedir ao Pai. Quando na multiplicação dos pães o Senhor Jesus tomando os sete pães e os peixes, e dando graças partiu-os, e deu-os aos seus discípulos, e eles a multidão. (Mt. 15:36)
O Senhor Jesus antes de orar para que Lázaro saísse do tumulo, glorificou ao Pai e disse: Pai, graças te dou, por haveres me ouvido. (Jo 11:41)
APLICAÇÃO
O louvor em espírito é algo glorioso, precioso. Através do louvor alcançado libertações, curas, salvação, comunhão, gozo, alegria.
O louvor muda a situação de muitos, não só daquele que louva, mas dos que ouvem.
O louvor dos levitas diante do inimigo livrou o povo de uma guerra, o louvor de Paulo e Silas libertou e trouxe salvação. O louvor nos livra das guerras, nos liberta e nos traz salvação.
O louvor tem nos concedido comunhão com o Pai que nos dá condição de caminhar até àquele grande dia onde louvaremos o Senhor na glória.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...